Como você bem sabe, 2019 será o ano dos smartphones dobráveis. Vários fabricantes já afirmaram que os seus produtos estão em fase final de desenvolvimento, e a MWC 2019 pode ser o palco perfeito para muitos produtos serem revelados ao mundo pela primeira vez.

Nesse sentido, Samsung, Huawei, Motorola, Xiaomi e Oppo devem apresentar produtos, mas com propostas diferentes que ainda não temos maiores detalhes. Algumas ideias já apareceram, como o Royole FlexPai e o protótipo da Xiaomi visto em vídeo nas mãos do seu CEO.

E isso fará de 2019 diferente de 2018, que foi um dos anos mais chatos da história da telefonia móvel. O avanço tecnológico vai resultar em uma nova leva de produtos interessantes.

Nesse post, vouresumir o que vimos até agora.

 

 

Royole FlexPai

 

 

A Samsung flertou com o conceito por anos, mas foi a Royole quem lançou o primeiro smartphone dobrável, o FlexPai. A empresa chinesa entregou um tablet de 7 polegadas que se dobra ao meio, criando um smartphone com duas telas utilizáveis. Porém, por ser o primeiro a chegar ao mercado, ele está bem longe de ser perfeito.

 

 

Smartphone dobrável da Samsung

 

 

A líder de mercado (nesse momento) vai atrair os holofotes ao apresentar o seu smartphone dobrável. Porém, o seu conceito é mais complicado e menos apelativo, se nos basearmos no protótipo apresentado em novembro de 2018. Porém, a Samsung aposta no conceito de telefone normal quando dobrado, e um tablet quando estirado. É o conceito mais lógico. Ou era, até que a Xiaomi apresentou uma proposta mais apelativa.

 

 

Smartphone dobrável da Xiaomi

A Xiaomi saiu da caixa, criando uma solução própria e com mais chances de conquistar o público. A empresa publicou nas redes sociais um vídeo com o seu CEO usando um smartphone com uma tela única, que pode ser dobrada em dois lados, resultando em um dispositivo muito moderno. A Xiaomi não menciona nada sobre a MWC 2019, mas seria o palco perfeito para um anúncio desse porte.

 

 

 

Smartphone dobrável da Motorola – RAZR

Um conceito bem curioso, já que vem em forma de ‘ressurreição’ de uma das marcas mais famosas do início do século. A Lenovo pensa em revitalizar a marca RAZR ao lançar um smartphone com tela dobrável, algo que faz sentido, levando em conta que o Moto RAZR era um telefone em formato flip ou clamshell. Não é absurdo esperar um anúncio na MWC 2019.

 

 

LG, Huawei, Oppo e Sony

Existe um motivo para não citar essas marcas nesse momento. Apesar dos vários rumores, essas empresas ainda não encerraram o desenvolvimento dos seus dispositivos. Logo, não devem apresentar novos produtos. Mas podem entregar alguma surpresa na MWC 2019.

 

 

Mas… por que um smartphone dobrável?

O mercado de smartphones está estagnado, sem inovações boas o suficiente para justificar a troca de dispositivo. E isso se reflete nas quedas de vendas em todo o mundo.

Além disso, vamos entrar na era do 5G em algum momento. Logo, além de implantar as redes de nova geração, as marcas querem aproveitar para apresentar novidades. Sem falar que, com a consolidação do mercado de smartphones dobráveis, o mercado de tablets efetivamente chega ao fim.

Porém, é bem provável que os primeiros smartphones dobráveis fiquem aquém das expectativas. Algo normal para a primeira geração de qualquer produto de tecnologia, uma vez que ele funciona mais como um “teste” para o mercado.

Mas… quem sabe? É possível que alguns desses fabricantes tenha alcançado a fórmula perfeita logo de cara.