Compartilhe

microscopio-movil_(2)

A Energy Pacific Northwest National Laboratory (PNNL) quer criar um microscópio muito potente e pequeno com a ajuda do seu smartphone, e custando menos de US$ 1 para ser desenvolvido.

O segredo está em uma carcaça muito fina que é colada em cima da câmera, responsável por sustentar um segundo componente, uma esfera de cristal muito pequena, que combinada com a câmera do smartphone, pode ampliar as imagens em até 1.000%. A principal vantagem do sistema é que as carcaças podem ser impressas em impressora 3D, com modelos que podem ser baixados pela internet, e um custo total muito baixo. Além disso, o sistema é compatível com (quase) qualquer smartphone do mundo.

A ideia desse projeto é auxiliar nas áreas médicas e zonas de segurança e desastres nacionais e emergenciais, permitindo a detecção mais eficiente de parasitas na água ou sangue, e até a detecção do Antrax em um ambiente.

 

+info


Compartilhe