Com a nostalgia em alta, todos os fabricantes de games do passado e do presente estão apostando nas versões ‘mini’ dos seus consoles clássicos. E a Sony é a próxima que pode se unir à festa, com um PlayStation Mini.

Quem ventila a possibilidade disso acontecer é John Kodera, diretor geral da Sony Interactive Entertainment.

Mas, veja bem: ele VENTILA a possibilidade, o que não quer dizer que o produto vai se tornar uma realidade um dia. Pode ser que tudo fique no papel mesmo.

Aliás, a própria Sony confirmou que não teremos um novo hardware na E3 2018, de modo que seria uma enorme surpresa se a Sony anunciasse um PlayStation Classic Edition.

Enorme… e grata surpresa.

Entendo que a oportunidade para isso é muito boa, e o momento é perfeito para tal movimento. A Nintendo mandou muito bem nos seus dois consoles Mini (NES e SNES), e no Japão já prepara o lançamento do Famicom Mini, com design inspirado no modelo asiático do videogame.

A SNK recentemente lançou o Neo Geo Mini, em formato de videogame arcade, com 40 dos seus melhores jogos. Tem tudo para fazer um sucesso enorme.

E até a SEGA, que ficou anos sem lançar um hardware, apostou no Mega Drive Mini para agradar os mais nostálgicos.

Particularmente, entendo que esse momento é fantástico para apostar nessa nostalgia dos gamers, além de apresentar os videogames do passado para as novas gerações. E como boa parte do mercado nostálgico é impulsionado justamente pelo consumidor asiático, muito me leva a crer que a Sony pode mesmo apostar em um PlayStation Classic Edition.

Dependendo dos jogos disponíveis no seu catálogo, e na qualidade final da emulação desses jogos, esse pode ser um verdadeiro campeão de vendas no mercado asiático e global.

Tal e como o PlayStation foi na sua época.

Podemos começar a torcer por esse lançamento?