A Inteligência Artificial está entregando coisas perturbadoras, como coisas, lugares e até pessoas que não existem, mas que são recriadas com uma fidelidade que dão medo. Qualquer coisa que não existe pode ser criada por IA. Inclusive Pokémons. Todos os Pokémons que você vai ver nesse post não existem, e foram criados por uma rede neuronal.

O usuário do Twitter Michael Friesen usou uma GAN, ou uma rede de confrontação generativa, que nada mais é do que uma IA de aprendizagem automática desenvolvida para realizar imagens de qualquer coisa que existe. Nesse caso, Pokémons.

A rede neuronal utilizada no experimento foi a StyleGAN da NVIDIA, que liberou o seu código em fevereiro de 2019, permitindo a qualquer usuário utilizá-la para qualquer finalidade, criando os seus próprios projetos de redes neuronais. Alguns dos projetos mais populares dessa IA resultaram em páginas como This Cat Does Not Exist, que também gera gatos por IA, mas que são ainda mais perturbadores do que Pokémons em si.

Esses Pokémons seguem a característica padrão da IA: foram treinados com sprites de Pokémons originais para criar os seus. E, pelo visto, o experimento não deu muito certo: são figuras grotescas com forma indefinida. Os mais fãs de Pokémon poderão ver os padrões, como cores e formas. Mas não chegam perto dos traços originais.

Mesmo assim, é preciso dar um certo mérito à tecnologia, que avançou demais nos últimos meses, de modo que podemos receber trabalhos abomináveis como esse, mas também trabalhos que são maravilhosos por causa da fidelidade e capacidade de criar imagens foto-realistas com muito pouco esforço.

Afinal de contas, se pessoas já foram criadas com esta IA, é um sinal bem claro que ela já é uma ferramenta poderosa demais. Eu não digo exatamente que precisamos frear o uso de uma tecnologia, mas sim que ela precisa ter algum tipo de supervisão ou código ético.

Ou você vai querer ver esses Pokémons horrorosos por aí?