Smartwatches

Os smartwatches se transformaram em um dos produtos mais importantes entre os wearables, apesar de um começo difícil e de representar um mercado que ainda não gera grandes vendas. Não só isso: a perda de interesse por esses dispositivos é algo relevante, e somando os dois fatores, podemos dizer que os principais fabricantes precisam melhorar e muito.

Então… por que os usuários acabam deixando de lado os seus smartwatches?

Ótima pergunta.

Um estudo feito pela Ericsson mostra a resposta. Os cinco motivos mais habituais, segundo os próprios usuários, são:

1. Funcionalidade e uso limitados.
2. Não são produtos independentes em relação à sua necessidade de estar vinculado a um smartphone para um uso pleno.
3. Não possui conectividade 3G ou 4G.
4. Informação ou dados imprecisos, em relação às suas funções de conteúdo e medição de atividades físicas, entre outros.
5. Pobre integração com seus smartphones.

1

Se avançamos na lista, também há referências à escassa autonomia de bateria, que é um dos pontos mais importantes de qualquer smartwatch, e que deveria receber maior atenção, já que não é nada agradável a ideia de ficar sem bateria antes do fim do dia, ou ter que recarregá-lo todas as noites.

Imagino que gigantes como Samsung, LG, Motorola, Huawei e Apple, que são as principais marcas no setor, tem muito claro em mente esses pontos, e aos poucos começam a tomar medidas para melhorar os próximos dispositivos.