Início » Telefonia » Por que eu quero um Nokia 110?

Por que eu quero um Nokia 110?

Compartilhe

O Nokia 110 é o celular do passado ou “dumbphone”. Aquele telefone móvel que basicamente serve para realizar e receber ligações, enviar e receber mensagens de texto em SMS, ouvir músicas em MP3 ou rádio e, principalmente, jogar o jogo da cobrinha.

É um celular tão simples, que nem acesso à internet possui. Então, quem vai querer utilizar um produto que, teoricamente, é tão limitado em comparação com qualquer smartphone do mercado, por mais simples que ele seja?

 

 

 

Quem vai usar o Nokia 110?

 

Praticamente qualquer pessoa.

Com o preço de R$ 169, o Nokia 110 está acessível para qualquer um, independente da condição econômica do indivíduo. E não podemos negar que o apelo do preço do produto será um grande chamariz para que o mesmo alcance algumas vendas pontuais.

Também é o celular pensado nos idosos que não vão se adaptar às telas planas dos smartphones. Até hoje conheço pessoas que preferem os telefones com teclas, pois estão acostumados a usar esse formato há muito tempo.

O Nokia 110 é perfeito para quem quer ter um celular reserva para quando o smartphone principal não puder ser utilizado por conta de uma manutenção pontual, ou para aqueles momentos onde não queremos levar o telefone principal para cenários de risco, como a praia e o show do Metallica.

Mas o principal motivo para comprar o Nokia 110 é ter um telefone com excelente autonomia de bateria. Apesar de contar com apenas 800 mAh, qualquer pessoa gostaria de contar com um dispositivo que entrega até 27 horas de reprodução musical em MP3, ou um dia inteiro de ligações telefônicas.

 

 

 

Eu vou ter um Nokia 110?

 

Não descarto essa possibilidade.

Não estou fazendo coleção de telefones, pois isso é algo virtualmente impossível. Mas sempre deixo um ou dois celulares mais simples guardados em algum lugar para aqueles momentos de emergência, quando os problemas com os smartphones principais aparecem.

Até hoje eu tenho dois celulares da Nokia para essa finalidade, e ter o Nokia 110 como um substituto atualizado para esses telefones mais antigos pode vir muito bem a calhar. O dispositivo tem os seus méritos por entregar o que a marca finlandesa sempre fez muito bem: um produto barato e de qualidade.

E isso é o suficiente para querer uma unidade desse telefone para chamar de meu.

 

 

Via Tecnoblog


Compartilhe