Início » Software » Por que o som de inicialização do Windows desapareceu?

Por que o som de inicialização do Windows desapareceu?

Compartilhe

Sabe aquele som de inicialização do Windows? Aquele som característico, que perdurou entre o Windows 95 até o Windows 7? Pois é… os mais novos no mundo da tecnologia não sabem o que é isso. Mas com certeza os mais veteranos conhecem essa musiquinha.

Estou falando disso aqui.

 

 

Eu gostava desse som característico de inicialização do Windows. Era uma forma dos meus pais saberem que eu estava usando o computador durante a madrugada. E talvez por causa disso muitos usuários simplesmente odiavam a existência desse sinal sonoro.

Pois bem, agora temos uma explicação oficial sobre o fim desse som no sistema operacional da Microsoft.

 

 

 

Com a palavra, o responsável pelo fim do som no Windows

Quem tomou a decisão pela remoção do som de notificação de inicialização do Windows foi Jensen Harris, um antigo diretor da Microsoft que decidiu compartilhar no YouTube algumas de suas histórias enquanto trabalhou na empresa, algo que aconteceu até 2014.

Harris foi diretor do time da Experiência de Usuário do Windows. Ou seja, ele era alguém muito importante para determinar o que realmente valia a pena para o usuário na hora de utilizar o sistema operacional da gigante de Redmond.

Ele foi o responsável pelo design do Outlook desde 2001, pela reformulação do Office 2007 e pela interface do Windows 8. Ou seja, a culpa daquela porcaria existir em nossas vidas também é do nosso amigo Harris. Mandem os processos para ele.

Pois bem, agora que mostramos o currículo do homem que tomou a decisão de remover o som de inicialização do Windows, vamos entender as justificativas dele para tomar essa decisão.

 

 

 

Esse som irritava as pessoas em determinados cenários

Voltando ao cenário onde os meus pais descobriam que eu estava ligando o computador durante a madrugada.

Essa é apenas uma das situações onde o som da inicialização do Windows pode irritar as pessoas. Agora, pense em uma biblioteca ou laboratório de informática, onde as pessoas estão concentradas em outras coisas, ou até mesmo dormindo, porque ninguém é de ferro.

Tudo o que não queremos é uma quebra de concentração com um som totalmente aleatório, certo?

Pois é. Esse era um dos problemas dos sistemas operacionais do passado. E não pense que esse era um problema exclusivo do Windows, já que o Mac OS também não permitia a remoção do som de inicialização.

Mas o que inspirou Harris na decisão em remover o som do Windows não foi exatamente uma experiência ruim no sistema operacional da Microsoft, mas justamente com o software do principal rival na época:

 

“Nessa época, tive uma experiência com meu MacBook Pro. Era tarde da noite, tivemos um novo bebê e tive que me levantar no meio da noite. Queria muito ligar o laptop para navegar na web, mas não conseguia lembrar se o volume estava mudo ou não. Percebi que tinha 50% de chance de pressionar o botão liga / desliga e ouvir aquele som alto de inicialização , acordando minha esposa adormecida e meu bebê grogue, e que eu não tinha como controlá-lo.

Eu escolhi manter o laptop fechado em vez de arriscar. E na época, tive a ideia de que ter os dispositivos tocando um som de inicialização era um recurso realmente ruim para um dispositivo projetado para ser usado nos espaços mais íntimos e privados. de uma pessoa a qualquer hora do dia ou da noite. “

 

E foi assim que, em 2010, o Windows deixou de ter o som de inicialização, para nunca mais voltar. Mas para quem quiser ter esse som tocando no Windows 10, saiba que é possível ativá-lo nas suas configurações.

E é o mesmo som de inicialização do Windows 7.

 


Compartilhe