Compartilhe

O tempo passa para todo mundo, inclusive para o YouTube. E a impressão que temos é que a plataforma de vídeos mais popular da internet sempre existiu em nossas vidas. Hoje, não imaginamos as nossas vidas sem ela. Mas a verdade é que essa plataforma só tem 15 anos de vida.

Em 23 de abril de 2005, três funcionários do PayPal na Califórnia (EUA) criaram o YouTube, e mal poderiam imaginar naquela época que estavam criando a maior plataforma de vídeos na internet do planeta. Nessa semana, completou 15 anos do primeiro material audiovisual que foi enviado para essa plataforma, e diferente do que muitos podem imaginar nos tempos de hoje, a sua estreia não foi grandiosa ou chamativa.

Tudo começou com um curto e simples vídeo em que aparece um dos fundadores da plataforma em um passeio no zoológico. E o tamanho desse vídeo é um nada quando comparamos com as bilhões de horas de reprodução diárias que o YouTube acumula hoje. Em alguns casos, a audiência da plataforma de vídeos que hoje pertence ao Google consegue ser maior do que vários canais abertos de televisão (não é mesmo, Rede TV?).

Não há muito o que dizer sobre o vídeo. O material recebe o título “Me at the Zoo”, onde aparece o jovem Jawed Karim durante uma visita em um zoológico de San Diego. No fundo, aparecem alguns elefantes, e o nosso protagonista comenta um pouco sobre eles. Efetivamente, um vídeo bem simples. Uma simples gravação que talvez Karim e os outros dois fundadores da plataforma não faziam ideia que, no futuro, se transformaria em um capítulo muito importante da história da internet.

Além de Jawed Karim, também são responsáveis pelo nascimento do YouTube o também engenheiro do PayPal (colega de trabalho de Karim) Chad Hurley e o designer do PayPal, Steve Chen. A plataforma em si foi criada em fevereiro de 2005, mas o vídeo inaugural (que efetivamente colocou o serviço na internet e na história) foi enviado dois meses depois.

 

 

 

YouTube explodiu rapidamente

 

 

O site de vídeos disparou em acessos ainda em 2005, quando muitos dos links publicados nele eram compartilhados em diferentes blogs de uma das redes sociais mais populares na época, o (finado) MySpace. Sua popularidade começou a crescer, e as pessoas começaram a publicar no YouTube vídeos de todos os tipos.

Uma das primeiras grandes empresas a apostar no YouTube para publicar as suas campanhas publicitárias foi a Nike, com um comercial onde aparecia o jogador de futebol brasileiro Ronaldinho Gaúcho (aliás… ele já saiu da prisão?). Desde então, as grandes empresas se interessaram no site, e os investidores começaram a aparecer por todos os lados.

Em outubro de 2006, o Google comprou o YouTube por US$ 1.65 bilhão. Naquela época, a plataforma tinha 100 milhões de visualizações diárias e 65 mil vídeos novos publicados por dia. Hoje, o serviço está disponível em mais de 100 países, em 80 idiomas. Todos os meses, mas de 2 bilhões de usuários acessam a plataforma todos os dias, assistindo mais de 1 bilhão de horas de vídeos todos os dias, gerando bilhões de visualizações.

E o YouTube só tem 15 anos de vida.

 

 

 

Via YouTube


Compartilhe