Início » Variedades » Processada por não devolver fita VHS na locadora em 2000

Processada por não devolver fita VHS na locadora em 2000

Compartilhe

Você se lembra da última vez que devolveu uma fita VHS alugada em uma locadora, do estilo Blockbuster? Não? E se lembra se você se esqueceu de devolver um filme locado antes dessa locadora fechar? Também não?

Então, pense em como ficou a cabeça de Caron McBride, que foi acusadao de desfalque financeiro por não devolver uma filme em VHS alugado no longínquo ano 2000!

 

 

 

Você sabe o que é uma fita VHS?

A imensa maioria dos leitores mais jovens deste blog não faz a menor ideia do que eu estou falando. Mas como é preciso alimentar essa audiência de informação útil (e inútil também), vale a pena uma explicação prévia antes de continuar com a notícia.

Uma fita VHS pode ser considerada a bisavó do DVD que, por sua vez, é o avô do Blu-ray que, por sua vez, simplesmente morreu porque o streaming chegou atropelando tudo.

Antes da Netflix, do streaming e dos formatos digitais, nos éramos obrigados a alugar os filmes de forma individual e em formato físico. Seja em discos de DVD ou Blu-ray ou nas fitas VHS.

Naquele tempo, você só tinha 24 horas (durante a semana) ou 48 horas (nos finais de semana) para assistir aos filmes. Caso contrário, você tinha que pagar uma multa pelo atraso da devolução. E não são poucas as pessoas que não devolveram as fitas depois que algumas locadoras fecharam as portas.

Pois bem… uma dessas locadoras decidiu ir para o contra-atque, e usou Caron McBride como alvo.

 

 

 

Ninguém mandou não devolver o filme na data correta…

O problema de Caron não aconteceu agora, e ela não podia dizer que não sabia que essa dívida não iria puxar o pé dela no futuro. Em março de 2000, uma vídeo locadora da cidade de Norman denunciou a nossa protagonista por não devolver o tal filme em VHS.

O caso ficou cozinhando em banho maria até 2021, e é claro que a nossa amiga Caron não iria lembrar que alugou o filme “Sabrina: Aprendiz de Feiticeira”. Até porque não foi ela que fez a locação, e sim uma de suas duas filhas pequenas, que fizeram o aluguel do VHS em seu nome e jamais devolveram o filme.

A locadora fechou as portas em 2008, mas a polícia decidiu seguir os rastros do registro de locação e localizaram a denúncia e a própria Caron McBride. Porém, como o “delito” tem mais de 20 anos, a acusação contra ela foi retirada.

Não sabemos se o delito com a locadora não prejudicou a vida de Caron ao longo desses 20 anos. Quem sabe agora ela finalmente entende por que não conseguiu aquela vaga de emprego, ou aquela viagem para o exterior, ou até mesmo a promoção em uma multinacional.

 

 

Via Fox


Compartilhe