Qual é o sotaque mais sexy do mundo? Press "Enter" to skip to content
Início » Variedades » Qual é o sotaque mais sexy do mundo?

Qual é o sotaque mais sexy do mundo?

Compartilhe

Uma imagem vale mais do que mil palavras, mas a melhor forma de ser compreendido no mundo é mesmo quando falamos. E, mesmo assim: em algumas situações, algumas pessoas ainda não entendem o que queremos dizer.

Agora, fato é que o nosso sotaque fala muito de nós e de nossas origens. E alguns sotaques são mais sexys que outros.

Pois bem, como tem algumas pessoas com muito tempo livre na vida, um estudo envolvendo 37 mil pessoas ao redor do mundo questionou qual é o sotaque mais sensual do planeta. E o resultado é surpreendente: o sotaque britânico, com 25% dos votos.

 

 

 

Sempre desconfiei…

 

Muita gente que eu conheço gosta mais do sotaque britânico do que o do norte-americano na hora de ouvir a pronúncia do inglês. Algo compreensível, já que William Shakespeare ajudou e muito a popularizar a sua literatura ao redor do mundo.

Mas chama a atenção que o sotaque britânico é muito popular em diferentes países, incluindo nos Estados Unidos. Porém, o que deve ter determinado a vitória dos súditos da Rainha foi a grande popularidade na Ásia, principalmente em países como China, Japão, Coreia do Sul e Malásia.

Na segunda posição ficou aquele que em condições normais de temperatura e pressão venceria a enquete: o idioma francês, com 16% dos votos. É o preferido em países como Alemanha, Austrália, Rússia e Brasil.

Na terceira posição ficou outro forte candidato ao topo: o sotaque italiano, com 15% dos votos. Esse idioma é muito popular na França, Portugal e Espanha. E em quarto lugar ficou justamente o espanhol, que superou os 10% dos votos.

Os pesquisadores tiveram tempo para perguntar aos entrevistados (que também pareciam estar com uma boa folga na agenda) as cidades com o sotaque mais sexy. Aqui, as vencedoras foram Londres, Paris, Roma, Edimburgo, Porto e Madrid.

É importante lembrar ao amigo leitor antes de encerrar esse post (porque, convenhamos, não vale tão a pena assim gastar muito mais do seu tempo com esse assunto) que existem muitos estereótipos nesse tipo de pesquisa, já que um único idioma conta com vários sotaques que podem ser muito diferentes.

O inglês é um exemplo clássico. A pronúncia do londrino é completamente diferente daquela coisa horrorosa que o texano fica grunindo de forma ininteligível. A mesma coisa acontece com o idioma espanhol: a pronúncia do México é muito mais pausada e cantada que a do madrilenho, que fala rápido e de forma nervosa.

Por outro lado, não deixa de ser interessante descobrir como os sotaques transmitem sensações diferentes em diferentes regiões do planeta, quase que em função de como soa o idioma nativo de cada pessoa em diferentes pontos do globo.

E é isso. Pode voltar a viver a sua vida normalmente (dentro do possível).

 

 

Via Time Out


Compartilhe