Compartilhe

Lembra que começou um novo dia, cheio de novas possibilidades. De novos desafios e realizações. Lembra também que esse mesmo sol veio para iluminar o seu caminho. Por isso, em nome desse sol, comece a caminhar. No seu caminho. No seu ritmo. Um passo de cada vez.

Lembra que esse mesmo sol vai iluminar o caminho e a paisagem que cercam esse caminho. Aproveite a sua caminhada e olhe para os lados. Aprecie a paisagem. Guarde na memória os belos desenhos da natureza. Guarde no coração o que vai sentir ao ver essas paisagens.

Se possível, leve alguém especial para caminhar ao seu lado. Alguém que pode te incentivar quando você se cansar, que pode te ajudar a caminhar quando as forças acabarem. Que possa te dar a mão para você não se sentir só. Ou que simplesmente converse com você para deixar essa caminhada mais prazerosa.

Lembra que, quando esse sol bater, você vai seguir o seu caminho, mas que sempre terá um lugar para voltar. Um teto para te abrigar. Um lar. O seu lar. Pense em como é precioso poder ter um lugar para chamar de lar, para repousar o seu corpo, para descansar dessa mesma caminhada.

Aproveita, e não abra apenas a janela do teu quarto. Abra todas as janelas. Da sala, da cozinha. Deixa a luz do sol entrar em sua casa. Deixe as energias se renovarem. Permita que a força positiva do sol aqueça a sua casa, que o ar limpo preencha o ambiente. Para que você possa oxigenar melhor o corpo, permitindo também que sua mente trabalhe melhor em função disso.

Abra as janelas do seu coração também.

Permita que esse mesmo sol encha seu coração de luz e esperança. Apesar de tantas injustiças e dificuldades na vida, pense que esse mesmo sol está lá no céu, todos os dias, emitindo sua luz mesmo em dias nublados. Da mesma forma, acredite que você jamais está sozinho, mesmo nos dias mais turbulentos da sua vida.

Lembra que esse sol representa a esperança. Um recomeço. O sol nasce todos os dias, mostrando o recomeço do ciclo do dia, realimentando a vida de todos nós com novos propósitos positivos. Portanto, faça que sua vida seja a cada dia a renovação das esperanças dentro de si.

Permita que esse momento de renovação te cure das feridas internas. Essa dor que você pode estar sentindo não dura para sempre. Ela um dia acaba. É só uma questão de tempo, e do seu desejo de fazer com que essa dor pare. Aliás, a cura da sua dor não está na luz do sol, mas sim na sua caminhada que ele está iluminando.

Por fim, quando a luz do sol bater na janela do seu quarto… se lembra de mim.

Se lembra que eu estou te apoiando a caminhar. Se lembra que eu estou te incentivando a dar os passos. Lá na frente, no final da estrada, vai valer a pena. Pode ter certeza disso. Eu posso dizer porque eu dei os primeiros passos, e sigo caminhando até hoje. E não pretendo parar.

No meu caminho, conheci pessoas especiais. Pessoas que decidiram caminhar a mesma estrada comigo. Pessoas que estavam no mesmo caminho, e que decidiram me esperar. E aquelas pessoas que eu fiz questão de correr atrás delas, apenas para caminhar ao meu lado.

O sol que está iluminando o seu caminho ilumina o meu também. É o mesmo sol. É o mesmo sol que aqueceu meu coração um dia. E vai aquecer o meu também.

Quando o sol chegar, lembra de tudo o que conversamos nesse texto. E, principalmente, pense que esse sol vai mostrar as respostas das questões que hoje estão limitando a sua vida e sua liberdade.

Esse sol vai iluminar o caminho. E a resposta está no caminho.

Torço, de verdade, para que você dê o primeiro passo.

A gente se encontra por aí… na estrada.

“Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto”
(Renato Russo)
Legião Urbana, 1989


Compartilhe