Compartilhe

Lá no final… você vai encontrar com as ondas de puro amor.

Algumas pessoas especias que passam pela nossa vida nos deixam marcas profundas. Tão profundas que não podem ser removidas ou substituídas. Não estou aqui falando daquelas que nos decepcionam a ponto de causarem traumas. Falo daqueles seres iluminados, feitos de amor, bondade, fraternidade e tantas outras coisas boas que não cabem em um texto apenas e tão somente para que ele não seja maçante demais para vocês.
Quando conhecemos pessoas assim, entendemos que não mais estamos sozinhos nesse mundo. E isso nos faz um bem danado. Para começar, descobrimos dessa forma que não estamos sozinhos nesse mundo, e que nem mesmo as distâncias são capazes de separar as almas que estão separadas pelos mais diversos fatores, mas que estão unidas pelos propósitos positivos que trazem na mente e no coração.
Quando esses seres entram na nossa vida, estamos diante de mais uma possibilidade de expandir a tal “corrente do bem”. Aquela mesma corrente que nos leva a acreditar que quando fazemos algo de bom para alguém, de forma espontânea e sincera, essa bondade volta para nós, naturalmente, e no momento em que mais precisamos.
Você pode ter certeza de uma coisa: esse ser especial que entra na sua vida fatalmente vai te estimular a fazer as coisas boas. Vai te fazer ser alguém melhor, não apenas te ajudando de alguma forma, mas principalmente inspirando você. Sabe, uma das grandes benesses em encontrar alguém especial na vida é justamente compreender que, desse encontro, os dois vão crescer.
Desse modo, você também passa a ser especial para esse alguém.
Todo relacionamento duradouro com qualquer pessoa, independente do nível desse relacionamento, deve resultar na valiosa experiência de você oferecer o melhor de você para esse alguém, na única esperança de receber de volta dessa pessoa o melhor dela. É ver esse encontro de opiniões, conceitos, culturas e experiências de vida resultar na evolução desses dois seres de formas que eles jamais poderiam imaginar quando o primeiro encontro aconteceu.
Pode parecer uma filosofia banal e sem qualquer tipo de propósito prático para você, mas eu acredito em tudo isso, e de forma muito forte. Já testemunhei isso acontecer algumas vezes. Já vivenciei isso na minha vida em outras tantas oportunidades.
E… pode acreditar… quando isso acontece… é algo lindo. Inesquecível. Espetacular.
Quando você encontra essas pessoas especiais, ou os tais anjos enviados por uma força superior… você está em paz. Não porque você encontra paz de espírito, realização profissional ou satisfação material pela influência positiva que aquela pessoa pode ter nos aspectos mais efêmeros da vida. Nós ficamos em paz porque finalmente entendemos que não vamos ficar sozinhos nesse mundo, não importando as dificuldades, adversidades, distâncias, perdas, fracassos, derrotas… dores…
Nada disso vai superar a força que esse sentimento que estará presente entre vocês dois. Você vai poder estender sua mão e sentir alguém segurando bem forte essa mesma mão. A pessoa pode não estar com você fisicamente, mas sua conexão será tão forte, que você chega a sentir até o calor dela. A sua alma. A sua bondade. A intensidade de uma amizade. A solidez da cumplicidade.
Por isso… se você me permitir, eu quero te dar um conselho. Na verdade, alguns.
Quando essa pessoa cruzar o seu caminho, saiba que será para sempre. Mesmo quando um dos dois virar uma linda e brilhante estrela no céu, a outra vai manter essa pessoa viva, internamente, com marcas que jamais serão apagadas.
Logo, valorize ao máximo esse encontro. Torne essa experiência a mais espetacular possível, tanto diante dos seus olhos (e dos olhos desse alguém), como aos olhos de todos. Não porque vocês dois precisam provar alguma coisa para alguém, ou que vocês precisem fazer questão de mostrar ao mundo que esse contato é especial. Mas pelo fato do mundo atual precisar de exemplos como esse para seguir acreditando em conceitos tão simples, que deveriam ser uma prática viva das pessoas: amizade, respeito, cumplicidade, fraternidade.
Estes são alguns dos elementos que hoje eu acredito que resultam no amor verdadeiro. Não falo apenas no amor entre um homem e uma mulher. Falo em um sentimento que abraça duas almas, em um conceito amplo e irrestrito. Falo do sentimento amor que é tão forte, que precisa ser aprendido e compreendido.. Falo da força motriz que será o combustível de tudo o que vamos e podemos fazer para contribuir para um mundo um pouco melhor, sem precisar mudar esse mundo.
Basta que sejamos um pouco melhores, com a influência e ajuda desses seres especiais.
Quando encontramos essas pessoas especiais, entendemos que cantar em uníssono, a uma só voz, faz com que nossa mensagem de alegria, esperança, fraternidade e amizade chegue mais longe, alcançando um maior número de pessoas. Essa mensagem pode correr o mundo, fazendo com que mais e mais seres repensem seus valores, identifiquem ao seu redor quais são esses seres iluminados, e criem novos elos dessa grande corrente do bem.
Quando encontramos essas pessoas que nunca mais deixarão a nossa existência, o mundo gira melhor. A vida passa a fluir com maior excelência. Nosso coração passa a ser mais ouvido pelo outro e por nós mesmos. Aprendemos com a coragem e alegria daquela pessoa que, em muitos momentos da nossa vida, o que realmente importa é acreditar em nossas convicções, e seguir adiante, com a fé (que cada um tem) e com a esperança de que tudo vai ficar bem no final.
Aquele final… onde eu espero as ondas….
Aquelas ondas de amor prometidas quando você encontra alguém pela primeira vez, diz o seu nome e, em um impulso quase incontrolável, sorri e dá um grande e fraterno abraço.
Abraços são ondas de amor que envolvem as almas daqueles dispostos a dar o melhor de si pelo outro. Abraços não apenas colam os pedaços quebrados dentro de nós. Reforçam o melhor de nós para que possamos seguir curando as almas que mais precisam em um futuro abraço. No final, quando você não mais tiver o abraço dessa pessoa especial, você vai entender que ela está tão forte dentro de você, que as boas coisas que ela te ensinou estarão permanentemente morando em seu coração.
E aí você passa a ser a tal onda de puro amor. Para no futuro envolver algum outro alguém que terá muito a agradecer para você por ter caminhado ao seu lado.
Minhas razões para viver, de estar vivo e seguir vivendo vão muito além das palavras desse texto. Mas entendo que tudo o que compartilhei com vocês nesse momento é uma das porções mais significativas da minha personalidade e caráter. É um dos moldes principais da minha alma. É o que jamais vai mudar em mim, não importa as dores e dissabores que o mundo poderá me oferecer.
Para as pessoas mais importantes da minha vida, eu humildemente agradeço por me tornarem alguém melhor. Muito obrigado por existirem. Muito obrigado por terem passado pelo meu caminho. Muito obrigado por serem feitos de amor, e por me darem esse amor quando eu mais precisei.
Muito obrigado… por serem seres de luz, que iluminaram meu caminho.
“Razão De Viver”
(Nando, Ricardo Feghali)
Roupa Nova, 2004

Compartilhe