Quase aconteceu de novo.

Ontem (10), vimos como a Roma conseguiu reverter contra o Barcelona, em uma performance épica (3-0).

Hoje, quase o Real Madrid foi eliminado da mesma UEFA Champions League, já que tomava um 3-0 da Juventus no Santiago Bernabéu.

Faltando apenas 10 segundos para o final do tempo normal (o resultado levava o jogo para a prorrogação), um pênalti (que foi pênalti, mesmo) resultou no gol salvador de Cristiano Ronaldo.

Aliás, gol que todo mundo deve contar sempre nos jogos do Real Madrid.

Aliás, CR7 que decide o lance, pois foi buscar de cabeça uma bola que estava saindo pela linha de fundo, em uma jogada que estava quase perdida.

Independente das burrices que o árbitro cometeu ao longo do jogo, a principal burrada foi mesmo do zagueiro da Juventus.

Mas temos uma lição clara aqui.

Não cabe mais salto alto no futebol, ainda mais nessa fase da UEFA Champions Legue.

Existe um favorito sempre, mas a diferença técnica não é tão grande quanto muitos pensam. As equipes aqui estão mais niveladas, de alguma forma.

E Roma e Juventus correram demais nos seus jogos.

Moral da história: o Real Madrid é sim um time bem cagado.

Como todo grande campeão é.

Leia também:  O jovem que encontrou um emprego na Fórmula 1 fazendo carros de papel