Não faz muita diferença na minha vida, mas ver o vídeo mais visto da história do YouTube ser removido da plataforma por um ataque hacker não é pouca coisa.

Despacito, megahit de Luís Fonsi e Daddy Yankee, não está disponível no YouTube. Um ataque hacker fez com que nomes de vídeos fossem trocados e, no caso da canção latina, resultou no desaparecimento do vídeo da plataforma.

No lugar da thumbnaill original do vídeo, encontramos a imagem abaixo.

 

 

Isso mesmo. La Casa de Papel, uma das novas séries queridinhas da Netflix.

Mesmo que seja por pura diversão, é uma forma de protestar contra o YouTube e suas diversas políticas controversas.

E, apesar de não apoiar ataques hacker (que sempre resulta em dores de cabeça), eu ainda prefiro esse tipo de coisa do que uma maluca entrando em um prédio, atirando a esmo e se matando diante de pessoas que não tem nada a ver com as causas que ela defende.

Retirar um vídeo do ar não machuca ninguém.

Menos pior assim.

De novo: eu não apoio um ataque hacker. Mas é menos pior isso do que a chacina que aconteceu no YouTube na semana passada.

Vídeo do YouTube pode ser enviado novamente para a plataforma e recuperar os views.

Vidas humanas, quando se perdem, não voltam.