Compartilhe

Like a Pro.

O Samsung Galaxy Note 10 e o Samsung Galaxy Note 10+ foram anunciados, e eu já escrevi sobre eles no TargetHD.net. Logo, esse post é para aquela primeira opinião sobre os dois produtos.

E a expressão que me vem na cabeça é Like a Pro.

 

 

Samsung melhora (e muito) o que já era (muito) bom

 

 

É incrível como a Samsung melhorou o que já era bom. Ter um smartphone com tela de 6.8 polegadas em um corpo que é consideravelmente menor é uma façanha. Mais do que isso: integrar a câmera na tela Infinity O para deixar o dispositivo praticamente sem bordas é uma vitória sem precedentes.

A Samsung eliminou o notch sem apelar para recursos mecânicos, o que eu considero algo bem vindo em um mundo que tenta me convencer que os sensores emergentes são o futuro (até o momento em que esses sensores começarem a falhar pelos acionamentos repetitivos, pois é preciso lembrar a todos que são partes mecânicas).

São dispositivos que contam com diferenças pontuais para justificar os (caros) preços, especialmente na quantidade de RAM e armazenamento. Mas aí é o caso de cada um ver qual é a sua real necessidade com o smartphone. Os produtores de conteúdo mais profissionais sabem que não podem ficar limitados à não expansão de armazenamento do Note 10, mas isso não quer dizer que os youtubers mais casuais não podem produzir bons conteúdos no modelo menor.

 

 

Mesmo porque, de forma inteligente, os dois smartphones contam com o mesmo conjunto de câmeras (que, por sinal, são os mesmos sensores presentes no Galaxy S10+), com exceção da adição do sensor ToF do Note 10+, que tem como principal diferencial o melhor efeito bokeh (inclusive nos vídeos… hello, youtubers profissionais…).

Você vai sentir falta do conector para fones de ouvido? Muito provavelmente sim, mas a tendência de futuro é mesmo os pequenos fones sem fio, no estilo AirPods ou Xiaomi AirDots. Até eu, que era defensor do jack de 3.5 mm, acabei adotando o Redmi Airdots para chamar de meu, e estou aceitando os novos tempos.

 

 

O que eu penso dos novos Samsung Galaxy Note 10 e Galaxy Note 10+?

 

 

Que eles são claros candidatos ao desejado título de melhor smartphone de 2019, especialmente no caso do Galaxy Note 10+. É o melhor que a Samsung pode oferecer (apesar do processador Exynos 9825, onde os fãs da Qualcomm podem torcer o nariz, mas que o tempo já mostrou que a Samsung pode fazer processadores tão competentes quanto o Snapdragon).

E, olhando para a realidade de momento, os preços entre US$ 900 e US$ 1.200 não são tão absurdos assim. Quero dizer, são absurdos para a maioria dos mortais, que não contam com essa grana toda. Mas podem seduzir aqueles que investem em um iPhone sem pensar duas vezes e que custa a mesma coisa, mas oferecendo menos na experiência de uso mais profissional.

Como eu disse… são smartphones Like a Pro. Não dá para duvidar disso.

 


Compartilhe