Compartilhe

Vamos lá, meu povo! Para onde? Não faço a menor ideia… mas vamos!

Ontem (11) rolou o checklist gigante chamado Samsung Unpacked, que confirmou basicamente tudo o que todos nós já sabíamos sobre os novos smartphones top de linha da gigante sul-coreana, que agora oficialmente devem ser chamados de Samsung Galaxy S20, Samsung Galaxy S20+ e Samsung Galaxy S20 Ultra.

Bom, se você não sabia que esses telefones iriam chegar, e ficou surpreso com as configurações apresentadas, você precisa ler alguns sites especializados em tecnologia para se informar melhor (ou para ficar sabendo de tudo antes dos fabricantes anunciarem de forma oficial). A minha dica é sempre a mesma: visite o TargetHD.net, que é uma ótima forma de se manter informado sobre os paranauês do mundo tech, certo?

E o que eu penso desses novos smartphones?

Não que você tenha perguntado, mas achei que seria legal que você soubesse a opinião de alguém que há 12 anos escreve sobre o mundo da tecnologia…

 

 

Graças a Deus que esse checklist foi curto dessa vez…

 

Até estranhei o ritmo da apresentação da Samsung, que apresentou três grandes produtos em pouco mais de uma hora de evento (além dos novos smartphones Galaxy S20, os coreanos tornaram oficial o smartphone dobrável flexível flip “tenho muitas saudades do passado” Galaxy Z Flip – falo dele em outro post – e o Galaxy Buds+, fones de ouvido com bateria de até 11 horas de autonomia #AmoMuitoTudoIsso, e falo dele em um terceiro post). E isso deixou as coisas um pouco menos dolorosas, mas não menos tediosas.

A Samsung não tinha o que contar sobre os produtos, porque (quase) todo mundo já sabia (quase) tudo sobre os produtos antes do anúncio. Logo, o Unpacked serve mais para dar aquela turbinada nas características que são as mais importantes (de acordo com a visão dos coreanos), revelar os preços sugeridos e anunciar a disponibilidade dos novos dispositivos.

E a pressa da Samsung foi tanta, que fez o evento rápido, apresentou de forma breve todas as características dos novos produtos, entregou os valores e já confirmou que os novos telefones Galaxy S20 chegam ao mercado (lá fora) ainda nesta semana, em 14 de fevereiro. Não querem nem esperar a Mobile World Congress 2020 e seus hipotéticos anúncios.

Hipotéticos, pois a feira de Barcelona corre o sério risco de nem acontecer, por causa do coronavírus.

 

 

O que eu achei dos novos Galaxy S20?

 

O que dizer? Que são os melhores smartphones Android que o seu (pouco) dinheiro (não) pode comprar… até a semana que vem, pois com certeza algum fabricante asiático (cof cof XIAOMI… cof cof HUAWEI…) vai chegar com algum telefone com configurações agressivas e violentas para tirar o trono dos novos modelos da Samsung.

Se bem que a missão aqui está um pouco mais complicada… como bater o Galaxy S20 Ultra com 16 GB de RAM, 512 GB de armazenamento, um Snapdragon 865 saindo do forno (esse apenas para os Estados Unidos; no Brasil, ficamos com o Exynos 990), tela de 120 Hz… é um conjunto realmente muito forte.

Há uma coisa boa que quero destacar nessa nova família de smartphones Galaxy S20. Pelo menos nas especificações técnicas, as distâncias praticamente desapareceram, onde cada modelo recebe pelo menos o mesmo processador + GPU, o mesmo tipo de armazenamento e o mesmo tipo de tela. As diferenças são pontuais e podem justificar muito bem as variações de preços (sensores de câmera, capacidade de RAM e armazenamento, etc).

Sem falar que os novos modelos fizeram com que a série Galaxy S10 ficasse bem mais barata, pelo menos lá fora. Se bem que posso dizer que pelo menos o Galaxy S10e por aqui está se tornando um dispositivo cujo preço pode ser mais próximo da realidade de muito geek pobre por aí (nem que seja para pagar parcelado).

 

Porém, eu quero ver quem será corajoso o suficiente para pagar lá fora o valor cobrado pelo Galaxy S20 Ultra: A PARTIR DE US$ 1.380! A brincadeira aqui está no mesmo patamar do Galaxy Z Flip, que é bem caro para o meu gosto, mas ao menos tem o fator I+D da tela dobrável e flexível.

Resumo da ópera: a Samsung lança três smartphones que vão custar o seu rim (ou outros órgãos internos), mas que deve vender bem em vários mercados, pois o rótulo de ter um telefone top de linha master blaster pica das galáxias ainda funciona no mercado de tecnologia. A linha Galaxy S20 é o que temos de melhor no segmento Android para o mês de fevereiro (insisto que será igualado ou superado a médio prazo), mas você não tem grana para comprá-lo.

E nem eu tenho essa grana. E isso é bem triste!


Compartilhe