Compartilhe

normandy

O mais especulado smartphone da Nokia nos últimos meses. Talvez nos últimos anos (não, ainda não…). O Nokia Normandy já entrou para a história, aconteça o que acontecer. Tantos blogs de tecnologia falando dele, com tantos renders, e até com vazamentos do mundialmente famoso @evleaks (que quase não erra, diga-se de passagem), que honestamente, se ele não for um produto real da Nokia, eu nem imagino a quantidade de impropérios que falarei dos canadenses.

Como eu já disse no TargetHD, ninguém faz render para um protótipo. E dificilmente alguém faz um render para um projeto que foi abandonado pelo fabricante. Logo, é certo a essa  altura do campeonato que esse produto que estamos vendo na foto acima é real, e será apresentado em algum momento de nossas vidas. Talvez na Mobile World Congress 2014, que acontece no final do mês de fevereiro, em Barcelona (Espanha). Mas que ele é real, isso é fato.

Se não for… palhaçada, Nokia. Mas é real sim, olha só a cara dele!

O que ainda paira como dúvida é se esse Normandy contará mesmo com o Android, se terá o Windows Phone, ou se virá com o Asha (bate na madeira nessa última). Muita gente afirma que é o Android. Eu já disse que isso faz todo o sentido, e se a Nokia fizer isso, terá um apoio em massa da comunidade cristã ocidental (e dos budistas, católicos, protestantes, xintoístas, muçulmanos, judeus e ateus… sem preconceitos).

Aliás, não só desenvolvedores e os já adeptos da proposta da Nokia com Windows Phone, mas os fãs de outras marcas. Afinal de contas, 8 entre 10 pessoas no planeta Terra usam um smartphone Android hoje, e a maioria deles sonham em ter um Android com a autonomia de bateria mostro dos celulares da Nokia. Sem falar na resistência dos telefones dos finlandeses. Só aí, é meio caminho andado.

Por outro lado, algumas correntes mais conservadoras entendem que a Nokia não iria se aventurar em um projeto com o sistema operacional da Google, ainda mais agora que eles são uma empresa da Microsoft (que tem o Windows Phone para chamar de seu). Também não é nenhum absurdo pensar nessa hipótese.

Mas aí, eu tenho que lembrar que a mesma Microsoft ganha uma certa porcentagem de dinheiro por conta das patentes presentes no Android, que pertencem à gigante de Redmond. Logo… una os pontos, e pense de forma mais ampla, amigo leitor.

Eu confesso que eu gostaria muito de ver um smartphone da Nokia com o Android. Já imaginava que isso seria um sonho impossível de acontecer, principalmente depois de sua aquisição pela Microsoft. Agora, vejo que “nesse mundo, nada é impossível” (vide os CEOs da Apple e da Samsung dispostos a sentar para discutir a relação).

Em um mundo da tecnologia tão dinâmico (para não dizer versátil, que pode também ser lido como maluco), um smartphone da Nokia, que é uma empresa da Microsoft, rodando o sistema operacional Android, que é da Google, é uma combinação que pode mesmo estar muito próxima de acontecer.  De novo: eu vou adorar que isso aconteça, mas não afirmo que vai acontecer.

A boa notícia é que fevereiro é logo ali.

Para mais informações, clique aqui.


Compartilhe