Início » Internet » Se vacine contra a COVID-19 e seja mais atraente para o sexo oposto

Se vacine contra a COVID-19 e seja mais atraente para o sexo oposto

Compartilhe

A essa altura dos acontecimentos, não se vacinar é uma péssima ideia.

Algumas pessoas ainda não entenderam que a única forma para esse pesadelo coletivo chegar ao fim é mesmo com a vacinação em massa. E, ainda assim, vamos levar um bom tempo para viver algo parecido com o normal que nos pertencia.

Porém, se você está solteiro (a), divorciado (a), viúvo (a) ou encalhado (a), uma das boas estratégias para conseguir alguém para esquentar os pés durante o inverno é deixando o negacionismo de lado e se vacinando.

Fácil, não é mesmo?

 

 

 

Estar vacinado pode ser atraente para o sexo oposto

Eu nem preciso dizer que a imunidade ao COVID-19 tem como um dos inúmeros efeitos colaterais positivos a volta de uma vida sexual mais ativa. Qualquer pessoa inteligente sabe disso. O que realmente chama a atenção neste momento é ver que o governo dos Estados Unidos está passando essa orientação para os seus cidadãos.

Em mais uma iniciativa de promover a vacinação nos Estados Unidos (como se a “oferta em modo open bar” não fosse suficiente), o governo daquele país conta com a ajuda dos aplicativos de encontros da empresa Match Group, que engloba alguns dos apps mais populares dentro desse segmento (Tinder, Match, OkCupid, Chispa, etc), além de alguns dos seus maiores concorrentes como Badoo e Bumble, promovendo a vacinação contra a COVID para também estimular os encontros amorosos, afetivos e sexuais.

Biden quer a todo custo alcançar a marca de 70% de vacinados antes de 4 de julho (nesse momento está em 60%, mas o ritmo de vacinação está caindo por lá). E o acordo é bem simples: se você se vacinar, os aplicativos de encontros liberam as funções premium e oferece uma maior visibilidade nas buscas de outros usuários.

Para isso acontecer, é importante compartilhar o status de vacinado em seus perfis (ou indicar que está esperando ser vacinado). Também é possível realizar buscas por novos parceiros entre os vacinados. Isso fará com que a busca por encontros e sexo seja mais segura dentro da plataforma entre esses usuários.

 

 

 

Uma medida pouco ortodoxa, porém, necessária

Eu sei que muitas pessoas vão querer voltar ao normal (ou algo próximo a isso) uma vez que estiver vacinado. Porém, é importante lembrar aos mais apressados que não dá para sair correndo e abraçar/beijar a geral logo depois de tomar a picada no braço.

Cada vacina tem um tempo para a produção de anticorpos, que é o que garante a imunidade no indivíduo. Logo, tenha paciência e segure a onda para que o seu corpo crie as defesas necessárias para enfrentar a COVID-19 quando ela chegar ao seu organismo.

A boa notícia é que as vacinas disponíveis são muito eficientes para evitar internações e mortes. E, pelo menos neste primeiro momento, este é o principal objetivo a ser alcançado. A má notícia é que não estamos nem próximos de ter a maioria dos brasileiros vacinados.

Por isso, continue se cuidando. Vacinado ou não.

E, se você está vacinado, pode pelo menos começar a procurar por alguém na internet. Mas, por favor, use camisinha quando decidir tirar o atraso.

 

 

Via Axios


Compartilhe