Início » Notícias » Sobre o fim do canal Loading? “EU JÁ SABIA”…

Sobre o fim do canal Loading? “EU JÁ SABIA”…

Compartilhe

Não pense você que eu gosto de ser um profeta do apocalipse. Só eu sei o quanto me custa prever que algo não vai dar certo e compartilhar essa opinião polêmica com algumas pessoas que não vão entender o que quero dizer.

Mas não posso evitar em escrever o “EU JÁ SABIA” sobre o fim do canal Loading.

 

 

 

Sem dinheiro, sem canal de TV. Bem simples…

É claro que faltam explicações oficiais vindas dos responsáveis pelo canal Loading, e tudo o que vou escrever aqui está com os dois pés nos campos da especulação e do bom humor.

Por isso, tente não me xingar nas redes sociais.

O principal motivo para o fim do Loading é o fim do dinheiro da Kalunga, principal parceira comercial do projeto e proprietária da concessão do sinal de TV aberta. Sem ela, o projeto morre de forma inevitável, pelo menos como conhecemos.

É claro que o Loading poderia ir para a internet e ser exclusivo por lá, mas entendo que os seus responsáveis queriam deixar a marca e o projeto comercial o suficiente para ter patrocinadores e, dessa forma, sobreviver em diferentes plataformas.

Na internet, todo mundo sabe que os ativos de publicidade são muito menores, e é mais fácil você viver de AdSense ou sites cheio de banners (como são os meus) para tentar sobreviver em um ambiente online cada vez mais competitivo.

E, convenhamos… criar uma plataforma para competir diretamente com gigantes como YouTube, Netflix, Globoplay, Disney+, Amazon Prime Video, HBO Max e tantos outros… faz algum sentido para você?

Isso mesmo.

Não.

 

 

 

Será que o fim não veio por causa da censura?

De novo: só estou especulando.

Cheguei a comentar neste blog que um dos erros que o Loading estava cometendo (na minha modesta, porém, super válida e acertada opinião) era que os seus responsáveis estavam preocupados demais com o crescimento comercial do projeto, a ponto de tirar a liberdade criativa e editorial dos seus colaboradores.

Isso foi diretamente contra os interesses desses produtores de conteúdo e, principalmente, da audiência do Loading, que é composta por um público que não apenas consome animes e notícias da cultura geek, mas também opinam, se engajam e, em alguns casos pontuais, influenciam outras pessoas com suas opiniões.

Agora, pense em irritar ou decepcionar essa galera, e você tem um efeito dominó devastador.

Muitos lamentam o fim do Loading nas redes sociais nesse momento. Outros tantos criticam a Kalunga pela decisão em retirar o apoio. No final das contas, tudo aqui foi por causa do dinheiro, e nem sempre isso é algo bem vindo, por mais que o dinheiro é o elemento que move ao mundo.

Algumas pessoas vão sentir saudades da ideia que o Loading apresentou, e não tanto pelo fim do canal. São conteúdos que podem ser consumidos com relativa facilidade por esse público de nicho, que só queria ver esse mesmo conteúdo alcançando um grande público.

Vamos ver se todos os envolvidos vão aprender as lições pertinentes quando a poeira desse episódio se dissipar. Mas deixo minha solidariedade aos profissionais do Loading, que foram pegos de surpresa com o anúncio repentino sobre o fim das atividades do canal.

Que o futuro seja mais próspero que isso.


Compartilhe