Sony, e a tendência de duas franquias por ano como estratégia | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Smartphones » Sony, e a tendência de duas franquias por ano como estratégia

Sony, e a tendência de duas franquias por ano como estratégia

Compartilhe

650_1000_xperia-z3-1

O “modelo referência” é aquele que é o mais representativo daquele ano para um fabricante. Entre 2013 e 2014, fabricantes como Samsung, HTC, LG e Motorola apresentaram pelo menos dois modelos considerados referência entre os seus dispositivos mais avançados. Já a Sony? Quatro dispositivos no mesmo espaço de tempo.

Foram simplesmente quatro novos dispositivos da linha Xperia Z nesse período. O Xperia Z original foi anunciado em janeiro de 2013; em setembro do mesmo ano, o Xperia Z1 veio ao mundo. Em abril de 2014, o Xperia Z2 foi anunciado, e agora em setembro, o Xperia Z3 deu o ar de sua casa. Dois smartphones top de linha por ano.

Essa janela de renovação (de apenas seis meses) faz algum sentido para você?

 

Xperia Z vs Z1, Z2, Z3: inovação na base da adição simples

O design da linha Xperia Z se mantém praticamente inalterada, mas a empresa foi melhorando alguns detalhes conforme os novos modelos foram aparecendo. Os modelos form perdendo bordas de tela, além de discretos ganhos de hardware (variantes do processador Snapdragon 800, mais memória, um clock mais rápido, melhorias na câmera, etc.

Sony ha mantenido el lenguaje de diseño en toda la gama Xperia Z, pero ha ido puliéndolo con cada iteración. En general son teléfonos angulosos, planos y con un botón característico de apagado y encendido en un lateral; pero han ido perdiendo marco, que siempre ha sido la mayor crítica de los usuarios a Sony.

Isso fica mais perceptível quando observamos a tabela comparativa abaixo:

 

Xperia Z
Xperia Z1
Xperia Z2
Xperia Z3
Chipset
Snapdragon S4 Pro
Snapdragon 800
Snapdragon 801
Snapdragon 801b
CPU
4 núcleos a 1,5 GHz
4 núcleos a 2,2 GHz
4 núcleos a 2,3 GHz
4 núcleos a 2,5 GHz
RAM
2 GB
2 GB
3 GB
3 GB
Memória
16 GB + microSD
16 GB + microSD
16 GB + microSD
16 GB + microSD
Tela
5″ LCD
FullHD
5″ LCD
FullHD
5,2″ IPS LCD
FullHD
5,2″ IPS LCD
FullHD
600 cd
Câmera traseira
13 Mpx + LED
20 Mpx + LED
20 Mpx + LED
20 Mpx + LED
Vídeo
[email protected] fps
[email protected] fps
[email protected] fps y [email protected] fps
[email protected] fps y [email protected] fps
Câmera frontal
2 Mpíxeles
2 Mpíxeles
2 Mpíxeles
2 Mpíxeles
Bateria (estimado)
2.330 mAh
3.000 mAh
3.200 mAh
3.100 mAh
Proteção
IP57
IP 58
IP 58
IP 68
Dimensões
138 x 71 x 7,9 mm
144,4 x 73,9 x 8,5 mm
146,8 x 73,3 x 8,2 mm
146,5 x 72,4 x 7,5 mm
Peso
146 gr.
169 gr.
163 gr.
152 gr.
Conetividade
LTE Cat3
LTE Cat4
LTE Cat4
LTE Cat4

 

Um top de linha a cada seis meses. Por que?

xperia-z2

Em via de regra, os grandes fabricantes do mercado de telefonia esperam pelo menos um ano para lançar um novo modelo dos seus principais dispositivos. Mesmo que eles contem com mais de um modelo top, como é o caso da Samsung (Galaxy S no primeiro semestre, Galaxy Note no segundo semestre). A Sony faz a mesma coisa, mas com um único modelo, o Xperia Z.

No sentido comercial, a Sony sempre consegue se adiantar à concorrência, mas como desvantagem, oferece um ciclo comercial dos modelos muito mais curto que a concorrência. Por outro lado, a Sony não está deixando para trás os lançamentos anteriores, pois os modelos Xperia Z já contam com Andoid KitKat ( garantida a atualização, pelo menos).

Porém, fica uma pergunta: por quanto tempo um design pode prevalecer.

A Apple renova o design do seu iPhone a cada dois anos, enquanto que três modelos da linha Xperia Z são, no mínimo, muito parecidos. Também é fato que eles encontraram um design bonito, reconhecível e com muita personalidade. E em time que está ganhando, não há motivos para se mexer.

Enquanto a Sony não muda de ideia no design, vão melhorando outros aspectos, como câmera, desempenho e funcionalidades. A fluidez da interface do Xperia Z3 foi muito elogiada, com uma diferença gritante em relação ao primeiro Xperia.

 

Existem casos semelhantes por aí?

htc-one-x-1

A HTC, por exemplo. Lançou o HTC One X em maio de 2012, e em novembro do mesmo ano, apresentou o HTC One X+. A própria Sony, com outra linha de dispositivos, o Xperia Z Compact. Nomenclaturas à aparte, parece que estamos diante de outro caso de “duas franquias por ano”.


Compartilhe