Ir ao conteúdo

Sony Xperia 1 II, Sony Xperia 10 II e Sony Xperia Pro | Primeira Opinião

Compartilhe

Ah, que saudades da Sony…

Eu sei que a marca japonesa deu aquela bela arregada para o mercado brasileiro de smartphones, deixando um monte de usuários órfãos e viúvas (chorando por onde sente mais saudade). Não sou viúva da Sony, mas sinto falta da empresa por aqui, nem que seja para fazer uma competição com Samsung, Motorola e as demais.

Ou para a assessoria me cobrar pela devolução dos produtos que eles enviavam para testes… mas isso é um rancor meu do passado que não vem ao caso entrar em detalhes nesse momento.

Fato é que a Sony apresentou hoje (24) três novos smartphones, fazendo parte da turma de fabricantes que decidiram acabar com o carnaval dos produtores de conteúdo de tecnologia. Sim, pois a MWC 2020 pode morrer para nós, mas não para os fabricantes.

 

 

 

Sony Xperia 1 II, Sony Xperia 10 II e Sony Xperia Pro

 

 

São parecidos, mas contam com algumas diferenças (se não fosse assim, não faria sentido).

Cada modelo tem segmentos diferentes, preços diferentes e até janelas de lançamento diferentes. Mas em comum, a Sony quer dar ênfase para as capacidades fotográficas dos três modelos. São câmeras que prometem fotos de alta qualidade, que serão reproduzidas em uma tela que promete valorizar essas fotos, justamente pela qualidade igualmente elevada.

Aliás, entendo que a Sony ficou por muito tempo fornecendo os seus melhores sensores fotográficos para os seus rivais, deixando de lado os seus próprios smartphones, que poderiam ser praticamente imbatíveis nesse aspecto. A impressão que dá é que a empresa acordou para esse aspecto… em partes.

 

 

O Sony Xperia 1 II conta com um sensor próprio da Sony, enquanto que o Sony Xperia 10 II, um pouco mais modesto (mas surpreendente pelo o que oferece para um produto dentro do seu segmento) prefere utilizar um sensor fotográfico da Samsung.

Por que, Sony? Por que?

De qualquer forma, ao menos temos uma aposta maior no 5G para esses novos telefones, algo que será a palavra de ordem para o mundo da telefonia móvel em 2020. Quem não apostar nas redes de nova geração vai ficar para trás, e até mesmo o usuário brasileiro precisa ficar de olho nesse momento, mesmo que o 5G leve 267 anos para chegar por aqui.

 

 

Outra aposta clara da Sony é no conteúdo multimídia, já que os novos smartphones apostam em formatos de tela em 21:9, mais adequadas para o formato de cinema. O Sony Xperia 1 II deixa isso ainda mais evidente por suportar a reprodução de vídeos em 4K.

 

 

Antes de terminar, preciso deixar claro que o Sony Xperia Pro, o terceiro modelo da tríade dos japoneses, ainda é um protótipo, e é pensado nos produtores de conteúdo de foto e vídeo, atuando como uma espécie de ‘tela externa’ para as filmadoras e câmeras profissionais da empresa. Além disso, o modelo tem antena de 5G em 360 graus para maior capacidade de sinal

Um conceito interessante, mas com um nicho muito específico.

 

 

 

Enfim, Sony… sinto saudades suas…

Seus smartphones são bons. O grande problema é que os japoneses pensam que são a Apple quando não são, e cobram preços absurdos pelos seus telefones. Ou de repente entendem que todo mundo ganha o mesmo que o japonês para pagar essas fortunas.

Mesmo assim… mesmo você deixando o mercado brasileiro, o que resultou em um monte de viúvas chorosas na internet, os seus novos smartphones são bons. São desejáveis.

Deixam um gosto de quero mais.

 


Compartilhe
Publicado emSmartphones