Compartilhe

Star Wars: A Ascensão Skywalker superou a marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias, se transformando no 46to filme na história a alcançar essa meta. Cinco filmes da franquia alcançaram essa marca, incluindo os três da nova trilogia.

Porém, as boas notícias para Star Wars: A Ascensão Skywalker acabam aqui. Esse foi o filme da nova trilogia que mais tempo levou para alcançar a marca bilionária (28 dias, contra 19 de Os Últimos Jedi e 12 de O Despertar da Força).

Não é surpresa que esse filme levou mais tempo para alcançar tal objetivo: ele teve a pior estreia da terceira trilogia, mesmo com números que não podem ser considerados ruins para um blockbuster (US$ 485,6 milhões nos Estados Unidos, US$ 519,7 milhões ao redor do mundo).

São números decepcionantes para o fim de uma das maiores franquias da história do cinema. Fato.

 

 

Sete em nove para a Disney entre os bilionários

A Disney quebrou em 2019 o seu próprio recorde de arrecadação, com sete de suas estreias no ano alcançando mais de US$ 1 bilhão nas bilheterias. Nenhum estúdio conseguiu isso antes, e a Disney superou ela mesma, que em 2016 teve quatro estreias com mais de US$ 1 bilhão.

A seguir, os nove filmes de 2019 que superaram a barreira do US$ 1 bilhão nas bilheterias:

Vingadores: Ultimato (Disney), US$ 2.798 bilhões
O Rei Leão (Disney), US$ 1.657 bilhão
Frozen 2 (Disney), US$ 1.373 bilhão
Homem-Aranha: Longe de Casa (Sony), US$ 1.132 bilhão
Capitã Marvel (Disney), 1.128 bilhão
Toy Story 4 (Disney), US$ 1.073 bilhão
Coringa (Warner), US$ 1.069 bilhão
Aladdin (Disney), US$ 1.051 bilhão
Star Wars: A Ascensão Skywalker (Disney), US$ 1.005 bilhão

 

Star Wars: A Ascensão Skywalker foi um dos filmes que mais dividiu opiniões, sendo duramente criticado pelo excesso de fan service, tomando decisões apenas para agradar os fãs. Já o filme anterior, dirigido por Rian Johnson, teve seu filme melhorado por tabela, aquecendo o debate sobre o desejo de Abrams em apagar tudo o que Johnson contou.

Por fim, Star Wars: A Ascensão Skywalker ainda está indicado ao Oscar 2020 em três categorias: Edição de Som, Efeitos Visuais e Trilha Sonora Original (um novo recorde para John Williams).

 

 

Via Hollywood Reporter


Compartilhe