Compartilhe

O ator Steven Seagal foi multado em US$ 314 mil pelas autoridades norte-americanas, depois que foi revelado que ele promoveu de forma ilegal uma oferta de uma nova cripomoeda, já que ele não revelou que recebeu dinheiro para fazer isso.

Aí é que está: ele realmente não sabia que não podia fazer isso? Logo um ator, tão acostumado a lidar com contratos de patrocínio e ações de marketing? Será que ele não tinha a menor ideia que, ao promover DINHEIRO, ele PRECISA DIZER QUE RECEBEU DINHEIRO PARA ISSO?

Tá, eu volto nesse assunto depois.

 

 

 

Zen Master e embaixador do Bitcoiin2Gen

 

EM 2017, Seagal promoveu a ICO (oferta inicial da moeda) da Bitcoiin2Gen (B2G), uma criptomoeda que levantou suspeitas logo de cara. A moeda virtual utilizava a Blockchain da Ethereum e um sistema de pagamentos em P2P que é o mesmo que encontramos no Bitcoin.

Em nenhum momento do processo, Seagal especificou que a B2G pagou para ele engajar os seus fãs nas redes sociais a investir no Bitcoiin2Gen. As leis norte-americanas estabelecem e exigem que você deixe isso claro na sua iniciativa em incentivar pessoas.

Então… a empresa prometeu ao ator especialista em artes marciais (e um cara que você tem que ter cuidado na hora de falar sobre ele, pois as consequências podem ser um pouco dolorosas) um pagamento de US$ 250 mil em dinheiro, e US$ 750 mil em tokens para essa moeda digital, em troca da promoção da mesma nas redes sociais.

Queria eu receber em Big Macs todos os posts que eu escrevi a favor do McDonald’s por livre e espontânea vontade. Mas é claro que os lanches grátis só fazem parte dos sonhos de um cara gordo e com diabetes como eu.

Quem garante a trapaça de Seagal é a SEC (Comissão da Bolsa de Valores dos Estados Unidos), e chama a atenção que o comunicado de imprensa que informa que a Bicoiin2Chen anunciava o “Zen master Steven Seagal” se transformou no embaixador da criptomoeda ainda está disponível para quem quiser ver… inclusive os próprios membros da SEC.

Por outro lado, as mensagens publicadas por Seagal no Twitter para promover a Bitcoiin2Gen foram eliminadas da rede social.

O projeto teve vários críticos desde o começo, e a empresa teve que publicar nos primeiros dias um comunicado de imprensa para responder as vozes contrárias que a acusavam de ser um golpe da pirâmide financeira.

A empresa se defende, dizendo que não deveria ter qualquer tipo de problema se o Sr. Steven Seagal está promovendo uma criptomoeda, já que pessoas famosas promovem várias marcas. Sim, amigos… MARCAS, não FINANCEIRAS, FINTECHS E CRIPTOMOEDAS. São regras diferentes para situações diferentes, e parece que é um pouco difícil para algumas pessoas entenderem isso.

A Bitcoiin2Gen também admite que o apoio do ator deu muita popularidade ao projeto. Alguns usuários chegaram a avisar Seagal nas redes sociais, e chegaram a pensar que a sua conta no Twitter foi hackeada para promover uma Shitcoin. No final das contas, era apenas o ator recebendo uma grana que não declarou para a justiça norte-americana… para promover uma Shitcoin do mesmo jeito.

Shit happens, my people… Shit happens, Mr. Seagal.

 

 

Via Bitcoiin, SEC, Bitcoiin2Gen


Compartilhe