fuck-you-easyjet

Com certeza você também já achou abusiva as taxas extras cobradas pelas companhias aéreas. E com certeza você não pensou que não precisa de três malas de coisas para passar cinco dias no Hawaii. Mesmo assim, não te condeno por querer economizar. E como sou seu amigo, vou te deixar uma sugestão, ou a saída que esse maluco adotou para poder embarcar com tudo o que ele achava ser importante, mas sem gastar a mais por isso.

Matt Botten foi até o aeroporto de Gatwick em Londres disposto a viajar para Reykjavik, um lugar onde o frio impera. Logo, ele precisava de roupas de frio em quantidade considerável, o que normalmente representa bastante roupa e volume na bagagem. Sua bagagem ultrapassava o limite permitido pela empresa Easyjet, e ele teria que pagar 45 libras a mais para que sua bagagem pudesse viajar.

Matt então decidiu não pagar pelas 45 libras, e decidiu vestir toda a roupa que ele levava na mala: camisetas, calças, cuacas e um par de sapatos dentro do seu bolso. Confessou passar muito calor ao fazer isso (um efeito colateral que deve ser levado em consideração ao adotar tal prática), mas ao menos a sua passagem triunfal pela porta de embarque foi algo memorável.

Via CrawleyNews