Tag Archives: retrô

Panasonic aposta na nostalgia, com o seu novo gravador de voz digital

by

x46burdoy3efqt8ishjw

A Panasonic aposta nos nostálgicos ao lançar esse gravador digital com estética de gravador de voz do passado. O RR-S30 é uma boa forma dos mais jovens conhecerem como era esse tipo de produto (ao menos na sua estética), e para os mais velhos relembrarem os tempos onde eles gravavam áudios de conversas com amigos no quarto de casa (depois disso, eles passaram a gravar podcasts).

A tela de LCD desse gravador mostra inclusive a fita rodando durante a reprodução, para aumentar ainda mais o sentimento de nostalgia. O produto funciona com duas pilhas AAA, que são capazes de gravar até 180 horas de áudio em baixa qualidade, microfones estéreo integrados, um microfone externo, que pode ser conectado ao dispositivo, entre outros recursos.

O Panasonic RR-S30 estará disponível no Japão em outubro, com um preço sugerido de US$ 83.

+info

Aquele tempo em que a Nintendo fabricava “relógios inteligentes”

by

juddh84rpirzwi7msney

Samsung, Motorola, LG, agora a Apple… todos “copiaram” a Nintendo. Ou melhor, a empresa Nelsonic, que tinha a licença para fabricar relógios com os minijogos da Nintendo. Por conta disso, esses dispositivos eram considerados (na sua época) “relógios inteligentes”.

Os relógios da Nintendo chegaram ao mercado no final da década de 1990. Não contavam com sensores ou pulseiras coloridas, muito menos se conectavam com o celular. Mas contavam com jogos oficiais da Nintendo. E eram modelos com vários jogos: Zelda, Mario e até StarFox.

omdrm5jfborwdkyukfci

Na época, custavam US$ 20 (ou US$ 38, nos valores atuais). E essa é uma boa forma de lembrar que, no mundo da tecnologia, poucas coisas são realmente inéditas.

st5vgpfv0bxltb97lpve

+info

Qwerkywriter, o teclado retrô definitivo

by

8cc87f24dcf1580530e5e55838cfda8e_large

Algumas vezes, a estética simplesmente passa por cima da funcionalidade. Isso é especialmente válido quando falamos de gadgets em estilo retrô e/ou em modo steam punk em gadgets modernos. O Querkywriter é um bom exemplo disso.

Esse teclado com design um pouco retrô, um pouco steam punk, tenta imitar uma máquina de escrever do começo do século passado, combinando o seu uso com dispositivos atuais, como computadores e tablets, sem maiores problemas. O resultado é simplesmente genial!

Talvez o seu único inconveniente seja mesmo o preço. O Qwerkywriter custa US$ 289 para aqueles que decidirem apoiar o projeto na Kickstarter. Porém, para os apaixonados pelo conceito, entendo que todo investimento nesse sentido vale a pena.

Vídeo de apresentação do produto e mais fotos a seguir.

 575f3b9bb67741d22c0f8ea87a4737c6_large 10835122b430bb40b7f8e9ac9c5bb408_large 922150aab1c8c53d0b134807b529f8bf_large 7bf2a57baa94686ddfd3aac9e7920a34_large f3a3714e05f33bbd1a1c7f4d7316ef79_large ea6270bd5c663700acdebc136737421a_large 330272eebb7c9cb59b2d47459f6cd53f_large

[Vídeo] HyperSkin Ultimate Arcade Machine: se diz capaz de jogar todos os jogos já lançados no mercado

by

O HyperSkin Ultimate Arcade Machine é um conceito que usa um software de interface customizada, oferecendo aos games um acesso simples e fácil a um catálogo e jogos clássicos, que começa da década de 1970 e vai avançando até os jogos mais atuais. Segundo o seu criador, essa máquina arcade foi feita para jogar “todo e qualquer jogo já lançado, de todas as plataformas e computadores. Virtualmente, ele pode rodar qualquer jogo”. É ver para crer. Demonstração do sistema no vídeo abaixo.

via

Um antigo folheto da Nintendo nos mostra vários controles que poderiam ser, mas nunca foram (e nunca saberemos porque)

by

E quem não é saudosista nesse mundo? Esse folheto é de 1984, quando a Nintendo preparava a chegada do seu console nos Estados Unidos, com o nome de AVS (Advanced Video System), que nunca chegou ao mercado. No final das contas, eles lançaram o NES mesmo nos EUA, e o resto da história você já sabe.

Mas o fato é que o tal folheto mostra um monte de acessórios do AVS que nunca chegaram ao mercado. Esses folhetos foram publicados na conta do Facebook de Howard Philipps, ex-diretor criativo de jogos da Nintendo. Veja mais do encarte nas fotos abaixo.

Via Joystiq

Um vistoso Pixar Image Computer aparece no eBay, para regozijo dos colecionadores

by

Pode ser uma novidade (até chocante) para muitas pessoas, mas em um tempo muito distante,a Pixar, que ainda era a empresa que faz alguns dos melhores filmes de animação do mundo, chegou a fabricar desktops para se manter no mercado. Pouca gente sabe, mas a Pixar nasceu no final dos anos 1970, e era uma divisão da Lucasfilm, que recebia o nome de The Graphic Group (que depois receberia o nome Pixar, ao ser comprada por um tal de Steve Jobs…), e a empresa que hoje é conhecida pelos clássicos Wall-E e Toy Story desenvolveu produtos de software e hardware, com altíssimas configurações, e em uma época onde os computadores pessoais eram uma novidade.

O equipamento que você vê na foto acima se chamava Pixar Image Computer, e foi um computador com design monolítico, pensado para ser utilizado como uma segunda estação de trabalho, para realizar cálculos gráficos complexos para sistemas de meteorologia e tomografia computadorizada. E mesmo que hoje ele não tenha nenhuma utilidade prática, ele volta do mundo dos mortos para fazer a alegria dos colecionadores no eBay.

Este verdadeiro fragmento raro da história está a venda com o seu monitor CRT, fazendo o sonho dos arqueólogos tecnológicos, que podem apreciar em detalhes o processo de construção e desenvolvimento desse produto. O vendedor colocou um preço inicial de US$ 15 mil, e um preço de venda automática de US$ 25 mil. O vendedor alerta no anúncio que não pode comprovar o seu bom funcionamento do produto, já que o mesmo não possui um cabo de alimentação (você tem um aí sobrando em casa)?

É muito dinheiro para você? Então, reveja os seus conceitos. Esse computador já chegou a custar a absurda quantia de US$ 135 mil. Para ver o anúncio do eBay, clique aqui.

Via TUAW.

Latinhas para você se comunicar à distância, Literalmente

by

Se alguma vez você já esteve do outro lado do fio, com uma lata na boca ou no ouvido, tentando ouvir o que um amigo está tentando lhe dizer, saiba que você teve uma infância. Mais: saiba que, de alguma forma, aquilo que era visto como uma brincadeira tem lá o seu fundo de verdade. Uma equipe de desenvolvedores de San Francisco, CA, desenvolveu e enviou para o site de projetos Kickstarter um equipamento que usa o mesmo conceito, que permite colocar duas pessoas que estão a milhares de quilômetros de distância para se comunicarem. Tudo bem, duas crianças de 10 anos de idade já sabiam que isso era possível, mas vamos dar um desconto.

O projeto se chama The Can, e nada mais é do que uma simples lata adaptada, com uma porta USB e um conector de 3,5 mm. Com essa lata, você pode se comunicar com smartphones ou computadores com Windows ou Mac, mas indo muito além de ser uma lata com microfone e alto-falantes integrado, mas sim, oferecendo aquela sensação de descoberta dos tempos do passado.

O projeto é realmente interessante, e segundo a sua descrição, o produto é totalmente funcional. Por enquanto, eles só arrecadaram US$ 2 mil dos US$ 30 mil necessários para iniciar a produção do produto. Mesmo com toda a explicação conceitual, não há detalhes de pós-produção revelados, mas tudo indica que os mais saudosistas deverão comprar uma unidade desse produto sem maiores problemas.

Via Gizmodo

Protótipo do Apple eMate 300 aparece no eBay. Preço? US$ 8.500!

by

Não é raro aparecer protótipos de produtos da Apple no eBay, vindos de cantos mais obscuros da Internet. Por isso, não me surpreende que tenham se deparado com mais um desses protótipos. Dessa vez, falamos dessa versão de desenvolvimento do eMate 300.

Essa espécie de mini portátil foi vendido no final da década de 1990, e muitos acreditam que esse foi a inspiração para a criação do PowerBook. O assistente digital incorpora o sistema operacional Newton, processador RISC ARM 710a de 24 MHz, tela com resolução de 480 x 320 e uma caneta Stylus de dimensões generosas.

O preço do leilão era de US$ 8.500, mas creio que o modelo só interesse mesmo aos mais saudosistas, ou colecionadores profissionais.

Via Ubergizmo

Vídeo: O melhor do The Animals, com uma banda feita de gadgets

by

James Cochrane, ou BD594, é um dos grandes virtuoses da música eletro-mecânica. Desde 2009 ele vem surpreendendo com suas orquestras feitas de gadgets. Agoora, ele interpreta a música “House Of The Rising Sun”, do grupo The Animals, extraindo som de discos rígidos, osciloscópios, scanners e computadores velhos. Uma obra digna de ser ouvida no vídeo abaixo.

Abaixo, a música original. Só para você comparar.



via Engadget