Compartilhe

Lixo eletrônico é coisa do passado (ou da reciclagem inteligente e sustentável). Um usuário deu uma segunda vida a um velho NES, transformando o console em um dock do Nintendo Switch.

Esse é o tipo de DIY que inspira pessoas, mas que exige alguns conhecimentos eletrônicos que podem ser avançados demais para muitos de nós. O que pode ser útil para conectar o Nintendo Switch no melhor estilo retrô, ou seja, como você faria em uma TV antiga.

 

 

 

Um NES em modo Cavalo de Troia

 

 

Seu desenvolvimento aconteceu usando um velho NES sem vida, que foi modificado profundamente para se transformar em um dock para o Nintendo Switch, totalmente funcional. Para isso, todos os componentes internos do console foram transformados, e basicamente ficou apenas a carcaça do velho videogame da Nintendo.

Para o dock do Switch caber no NES, foi utilizado um laser para realizar as incisões com a maior precisão possível, para que tudo encaixasse perfeitamente. Os eixos onde se encaixam o Switch foram talhados de forma circular para evitar arranhões no console.

 

 

O passo a passo da transformação está ilustrado em fotos no Imugr, onde a placa mãe do dock, as portas USB e as portas HDMI são encaixadas para substituir alguns elementos na parte externa, assim como as modificações para os novos encaixes. Botões de liga/desliga e reset foram igualmente adaptados. Um processo muito traalhoso, mas com um resultado incrível.

O projeto fez muito barulho no Reddit, inclusive recebendo sugestões, como a adição de um logo da Nintendo na tampa frontal, tal e como o console original. Os adesivos para esse detalhe estão prontos, mas só serão adicionados quando console modificado for pintado.

 

 

Essa categoria de projeto sempre tende a ser muito atraente, especialmente quando os seus criadores focam muito nos detalhes. Também podem servir de ponto de partida ou inspiração para que outras pessoas possam desenvolver dispositivos similares.

É o tipo de projeto que temos que aplaudir e glorificar de pé. Amém, Brasil?

 

 

Via Reddit


Compartilhe