Compartilhe

Nossa conexão afetiva com as peças LEGO é enorme. Bom, pelo menos a minha é, e eu não tive tantas chances de ter esse tipo de brinquedo em casa. E nesse caso em especial, se torna algo ainda mais pessoal por conta da conexão com a música.

E para quem quer combinar o melhor de dois mundos e, de quebra, sabe tocar um instrumento musical, esse kit LEGO com mais de 3.000 peças que forma um piano funcional é o melhor de vários mundos.

 

 

 

Um piano feito de LEGO e que funciona de verdade

 

Ter um kit de peças LEGO é o mesmo que fazer um bom investimento em várias horas de diversão. De Star Wars até carros de fórmula 1, os itens resultantes desse tipo de brinquedo tendem a se transformar em peças de decoração de quartos e escritórios de crianças de todas as idades (e não é um exagero isso o que eu estou dizendo).

Mas nesse caso, você não vai deixar o produto apenas comendo poeira na estante do seu quarto. Aqui, você tem um piano de cauda formado por peças LEGO que funciona como um instrumento real.

O set conta com 3.622 peças e várias partes móveis, e é um dos kits LEGO mais complexos de todos os tempos. A tampa do piano se abre para revelar o seu funcionamento interno, onde as 25 teclas se conectam ao seu próprio martelo. A tampa do teclado se abre, os pedais se movem, seu banco é ajustável… ou seja, é um piano de cauda real em miniatura.

O mais legal de tudo isso é que você pode conectar o piano a um aplicativo para smartphone, permitindo a reprodução de até cinco canções. O app permite a composição e gravação de obras musicais originais, estimulando a veia artística do usuário.

O piano de cauda LEGO tem um preço sugerido de US$ 350, mas o produto está temporariamente esgotado. Ele conta com dois elementos exclusivos impressos, que incluem um logotipo dourado vintage da marca e uma filha de música impressa por Donny, o fã da LEGO que teve a ideia do produto. Já o piano em si, na sua versão final, foi criado pelo designer de produtos LEGO Woon Tze Chee.

Sinceramente? Eu começo a jogar dinheiro na tela do meu novo Chromebook (vocês vão saber mais sobre ele em breve), e nada está acontecendo…

 

 

 

Via Travel+Leisure


Compartilhe