Bom, pelo menos deveria ser assim.

Eu já escrevi sobre esse tema nesse blog, mas estou produzindo mais um texto para enfatizar a questão e, o mais importante, mostrar que eu não estou sozinho no pedido em mais smartphones top de linha com o modo de recarga sem fio

Mas acho importante dessa vez ilustrar melhor o assunto, adicionando mais informações.

Os smartphones top de linha passaram a adotar o vidro como material prioritário para acabamento, e até os dispositivos de linha média premium passaram a oferecer tal acabamento. A Samsung abriu as portas para essa escolha com o bem sucedido Galaxy S6, e a concorrência foi atrás dos coreanos.

Hoje, a maioria dos modelos top de linha premium ou flagships contam com esse tipo de construção. iPhone X, iPhone 8, Galaxy S9, Note 9, Huawei P20, LG G7, OnePlus 6, Xiaomi Mi 8, Mi Mix 2S e vários outros dispositivos são alguns dos exemplos que provam essa teoria.

Porém, muitos desses equipamentos simplesmente não contam com o recurso de recarga sem fio, como são os casos do Mi 8, OnePlus 6, Huawei P20 e P20 Pro. No caso dos smartphones da Huawei, o problema é ainda maior e mais grave, pois o P20 Pro chegou ao mercado com preço sugerido de 900 euros, e deixou a funcionalidade de fora.

Um smartphone com acabamento em vidro resulta automaticamente em um dispositivo mais frágil. Logo, nem para adicionar a recarga sem fios como regra de compensação para essa fragilidade (ou reforçando a justificativa da presença do vidro) os fabricantes pensam nessa possibilidade.

Particularmente, eu espero sinceramente que os fabricantes de smartphones revejam os seus conceitos sobre o assunto. Também entendo que aqueles que preferem mais bateria nos dispositivos do que contar com a recarga sem fio estão com um bom argumento a seu favor.

Porém, se vai colocar um acabamento de vidro no smartphone, coloca logo a recarga sem fio, para deixar a vida do usuário mais prática.