Alguns vão ficar surpresos ao saber que a Disney tem o seu próprio departamento de pesquisa e desenvolvimento. O departamento foi criado depois da aquisição da Pixar, e recebe o nome de Disney Research, e lá eles trabalham em parceria com várias universidades norte-americanas em múltiplos projetos que não necessariamente estão relacionados com o mundo do entretenimento. Como nesse caso do projeto Touché.

Esse projeto está em desenvolvimento com o pessoal da Universidade Carnegie Mellon, e adiciona funções de toque a qualquer objeto, mediante acoplamento capacitivo, de forma que será possível adicionar novas funções a algo tão comum e mundano como uma simples porta.

Monitorando os sinais elétricos em um objeto, e comparando com uma base de dados, a fechadura de uma porta pode saber se ela foi fechada com a mão, com um ou dois dedos, para assim indicar se uma determinada pessoa da casa ou escritório deixou o recinto, a quanto tempo saiu, ou se ela está ou não falando ao telefone.

Do mesmo modo, será possível fazer com que as luzes funcionem ao sair do sofá, ou até utilizar funções multitoque, com a ajuda de uma pulseira Bluetooth, para controlar seu player de música através de gestos nas mãos.

Por enquanto, o Touché só é um protótipo demonstrativo, mas segundo os seus criadores, a precisão é quase de 100%. Curioso? Vídeo abaixo.

Via ArsTechnica