Compartilhe

Dormir de olhos abertos não só é possível, mas muitas pessoas podem estar fazendo isso sem perceber.

E, antes de começar o post, vamos deixar claro que gente estranha com comportamento esquisito existe em todo lugar. Logo, vamos procurar desenvolver a tal da empatia pelas pessoas com comportamentos diferentes no lugar de fazer o bullying descarado e gratuito com essas pessoas. O ser humano precisa evoluir com urgência em um momento onde precisamos cuidar uns dos outros.

Lagophthalmos noturno é a denominação dada quando uma pessoa dorme com os olhos abertos. E esse é um problema muito mais comum do que se pensa, cujas causas podem ser diferentes. Mesmo que tenhamos visto isso isso em um filme, normalmente não é um descanso com os olhos bem abertos, mas sim entreabertos.

Dormir com os olhos abertos faz com que o sono e o descanso em si seja menos profundo do que deveria e às vezes pode causar danos oculares. A falta de hidratação nos olhos enquanto dormimos elimina a proteção ocular e multiplica a possibilidade de danos causados pelo ambiente, além da entrada de partículas e impurezas nos olhos

Pense em como essas consequências podem fazer qualquer pessoa ter um incômodo gigantesco no seu cotidiano. Inclusive para você: imagine a necessidade de coçar os olhos o tempo todo, ou sentir as dores no globo ocular constantemente.

Definitivamente, é algo que você não quer sentir.

Mas a pior parte é que, às vezes, é difícil saber se você sofre desse problema.

 

 

 

Uma em cada cinco pessoas dorme com os olhos abertos

 

 

Pelo menos 20% da população dorme de olhos abertos. Um número assustador diante de um problema que, em teoria, deveria ser algo raro. Mas há várias causas que podem promover essa anormalidade no seu globo ocular.

Por exemplo: lesões, fraqueza dos músculos faciais, doenças autoimunes, síndrome de Moebius, danos na pálpebra, pancadas no rosto, tireoide e tantos outros problemas. O comportamento de dormir com os olhos entreabertos pode ser um sintoma que esses outros problemas estão aparecendo no seu organismo, e todos eles merecem ser igualmente tratados.

Se você sente que tem feridas nos olhos, secura desde as primeiras horas ou infecções, você deve ir ao médico o mais rápido possível, pois não é um problema que desaparece facilmente e pode causar danos crescentes ao longo do tempo, bem como ser um incômodo para a vida cotidiana.

A boa notícia para quem está sofrendo desse mal é que as soluções geralmente não são muito invasivas, como o uso de lágrimas artificiais, máscaras ou umidificadores. E seja lá qual for a solução, o importante é você adotar uma das alternativas que podem resolver o problema o mais rápido possível.

 

 

 

Nesse momento, a sua saúde deve ser prioridade

 

Nem precisava lembrar disso, mas acho importante fazer esse alerta para alguns leitores desavisados (e diante do comportamento da galera em plena pandemia, não são poucas as pessoas que precisam ler isso): é fundamental estabelecer a saúde como uma de nossas prioridades. O novo normal vai exigir de nós mais cuidados para conosco e com o próximo, e manter a nossa saúde em dia é um dos melhores investimentos que podemos fazer ao longo da vida.

 

 

Via Sleep.org


Compartilhe