Início » Bancada de Testes » Voltei para o iPhone, depois de 7 anos

Voltei para o iPhone, depois de 7 anos

Compartilhe

Eu voltei. Agora pra ficar?

Não faço ideia, pois não sou o Roberto Carlos e não ganho royalties por mencionar esta música nos meus textos.

Fato é que voltei a ter um iPhone, depois de sete longos anos na minha vida. Como sempre, não comprei um smartphone da Apple novo, direto da loja e na caixa. Adquiri um telefone com apenas dois meses de uso (comprado na Black Friday de 2020), no melhor estilo geek pobre que tanto gosto.

 

 

 

Por que eu queria um iPhone em 2021?

 

Não vou publicar outras fotos deste belo iPhone SE 2020 (de segunda geração) adquirido de segunda mão porque qualquer blog faz isso. Só quero neste post fazer uma breve reflexão sobre o fato de novamente usar o iOS depois de tanto tempo.

Era o iPhone que eu estava pensando em comprar, pois seu preço cabia no meu orçamento e o iOS mudou um bocado ao longo desses últimos anos, se tornando algo próximo daquilo que eu entendia que ele sempre deveria ser.

Ou bom o suficiente para que eu não precise usar o Cydia ou outras gambiarras de software à margem das leis da Apple.

Pretendo usar o iPhone SE para as minhas atividades profissionais. Preciso escrever mais dicas e macetes sobre o iPhone e o iOS, e ter um smartphone da Apple em mãos para dissertar sobre o tema com maior propriedade é algo importante.

Isso, e todos os benefícios que o iPhone pode me oferecer na experiência de uso, é claro.

Isso não quer dizer que vou abandonar o Android. Não vejo motivos para isso. Eu posso utilizar vários sistemas operacionais ao mesmo tempo e, diferente dos exclusivistas, consigo expandir as minhas capacidades técnicas quando me torno mais versátil no uso das tecnologias.

 

 

 

Vai ter unboxing e review?

 

Unboxing não vai ter. Vejo os leitores de tecnologia cada vez menos interessados nesse tipo de publicação. E não vejo graça em fazer unboxing de um produto que já está aberto.

Review? Quem sabe. Acredito que sim.

Afinal de contas, acho relevante deixar a minha experiência de uso com um dispositivo com o sistema iOS depois de tantos anos. Para mim, será um mundo bem diferente. E para outros leitores, pode ser uma forma de descobrir se o iPhone SE 2020 realmente vale a pena.

Bom, eu comprei apostando que vale a pena para as minhas necessidades. Mas para você, que está lendo este post, pode ser que não.

Vamos descobrir isso juntos.

Mas… estou bem feliz em poder voltar para o iPhone. Voltar ao status de ter bons dispositivos de tecnologia.

Começou o início de uma nova e promissora fase do meu trabalho.


Compartilhe