Compartilhe

Os requisitos mínimos necessários para que o Windows 10 funcionar em um computador (de acordo com o que diz a Microsoft) são (pelo menos) 1 GB de RAM para a versão com 32 bits, e 2 GB de RAM para a versão com 64 bits. Mas isso é o básico para INSTALAR o sistema operacional em um PC, o que não garante um funcionamento ou experiência de uso ótima com o software. Se esse for ao seu caso, você tem duas alternativas: ou aumenta os recursos de hardware, ou compra um novo computador.

As especificações mínimas de uso do Windows 10 resultam em uma experiência de uso limitada, renunciando a determinados componentes do sistema, efeitos visuais e reduzir o uso de aplicativos simultâneos. E por mais que a Microsoft mereça aplausos pelo elevado nível de otimização do sistema operacional, ainda é impossível fazer um motor de um Gol funcionar bem em uma Ferrari.

Ou será que é?

 

 

Windows 10 funcionando com apenas 192 MB de RAM? Sim, é possível…

 

 

Um usuário conseguiu iniciar o Windows 10 em um computador que conta com apenas 192 MB de RAM. Isso mesmo que você leu: cento e noventa e dois megabytes de RAM. O feito foi publicado no Twitter, onde podemos ver que o nosso protagonista fez o experimento testando diversas configurações de memória, documentando todo o processo com imagens do administrador de tarefas, mostrando o total de memória disponível no sistema.

Logo, podemos comprovar que muito provavelmente os tais 192 MB são o novo mínimo absoluto para o funcionamento do Windows 10, pois o teste feito com apenas 128 MB de RAM não funcionou.

O autor do teste é Sakura Nori, e ele revela que o desempenho do sistema foi adequado para a sua quantidade de memória. Porém, seria interessante saber se o Windows 10 com essa quantidade de RAM poderia realizar algumas outras tarefas, ou se ele só inicia o sistema operacional.

É impensável que um navegador como (por exemplo) o Google Chrome (que é tradicionalmente conhecido como um grande devorador de RAM) possa funcionar de forma mínima com essa quantidade de memória, mesmo que seja com apenas duas ou três abas abertas. O mesmo podemos dizer sobre vários aplicativos de produtividade. E nem preciso dizer que, dentro desse cenário, a edição de áudio ou vídeo ficam completamente descartadas.

Para realizar os testes, Nori utilizou uma máquina virtual do aplicativo VirtualBox em um desktop Dell Inspiron 3670. A versão do Windows 10 é a atualização lançada em 10 de novembro de 2019, de modo que a Microsoft parece ter otimizado recentemente o sistema operacional para que o mesmo fosse capaz de ser executado de forma eficiente em equipamentos de entrada ou com hardware mais limitado.


Compartilhe