Ir ao conteúdo

Windows 10X clonou o Chrome OS, e ficou bem legal

Compartilhe

Na vida, nada se cria, tudo se copia. No mundo da tecnologia, então… são tantos casos que nem quero começar a dar exemplos. Logo, ver a Microsoft copiando o Chrome OS no Windows 10X não deveria causar surpresa ou revolta nos corações mais puristas.

Na verdade, é algo mais que normal e explicável.

Basta olhar para o cenário geral e pensar só um pouquinho com a sua mente racional para concluir que o movimento da Microsoft é mais que lógico e esperado. E foi basicamente o mesmo que várias outras plataformas computacionais fizeram ao longo dos últimos anos.

 

 

 

Segue o líder

 

 

Não é de hoje que uma plataforma ou empresa de tecnologia acompanha os mesmos movimentos de outra gigante do setor, principalmente quando é uma líder de mercado. E eu nem precisava dizer isso, mas qualquer semelhança não é mera coincidência.

O Windows 10X tem como principal objetivo ser um Windows mais leve, para que o sistema operacional seja funcional em computadores (principalmente notebooks) com um hardware mais simples. Algo necessário, pois o Windows 10 puro é muito bem otimizado, mas ele não funciona bem em equipamentos com especificações mais modestas.

Falo isso com conhecimento de causa. Cheguei a testar a primeira versão do Lenovo 100e em um passado não muito distante, e a experiência com o Windows 10 foi tão ruim, que não tive dúvidas: instalei o Chrome OS (via Cloudready) e fui ser uma pessoa mais feliz nessa vida.

 

 

É isso o que a Microsoft quer evitar e corrigir com o Windows 10X. E qual é a melhor forma de convencer os usuários desse tipo de equipamento que a sua proposta pode ser amigável e funcional?

Isso mesmo: copiando o design do Chrome OS, que é a plataforma líder do mercado entre os computadores para estudantes e instituições educacionais, além de ser muito bem visto entre os usuários que querem um computador com preço baixo, hardware mais simples e plenamente funcional para tarefas mais básicas de produtividade.

 

 

E quantas vezes não testemunhamos um software copiar outro software para se aproximar do grande público? Até o Linux fez isso, com algumas distribuições pontuais deste sistema operacional se transformando em uma autêntica versão do Windows?

E o Android se aproximando do iOS? E o iOS se aproximando do Android?

Então… vida que segue…

 

 

 

Será que a Microsoft consegue convencer?

 

 

Vou confessar que tudo o que foi compartilhado sobre o futuro Windows 10X me agradou, especialmente agora com o seu design arredondado. É cedo para dizer se essa versão do sistema operacional da Microsoft consegue alcançar os mesmos níveis de otimização e funcionalidades do Chrome OS, mas estou curioso para ver como será o resultado final dessa combinação.

Seria muito interessante ver como que a Microsoft vai conseguir otimizar ainda mais o Windows 10 para que este software seja mais funcional em equipamentos com baixo perfil de hardware. Se os resultados forem aceitáveis, as chances da gigante de Redmond conquistar o segmento educacional aumentam consideravelmente.

 

 

Mas neste momento, tudo o que eu posso dizer é que o Windows 10X é bonito, elegante e minimalista… tal e como o Chrome OS é.

E não vejo nada de errado nisso.

 

 

 

Via Thurrott, The Verge


Compartilhe
Publicado emSoftware