Windows XP 2021, um Windows 10 mais atraente | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Software » Windows XP 2021, um Windows 10 mais atraente

Windows XP 2021, um Windows 10 mais atraente

Compartilhe

O Windows XP 2021 é um conceito estético que poderia muito bem ser adotado no Windows 10, mesmo que fosse para atender apenas aos mais nostálgicos.

Sei que a Microsoft não vai ler este post, mas bem que ela poderia adotar essa proposta no futuro. Se o fizer, será um grande acerto.

 

 

 

O Windows XP é um acerto histórico

 

É incrível com o Windows XP permanece na memória dos usuários. Seja porque ele foi muito melhor que o Windows ME (apagando alguns traumas), ou seja porque ele era muito bom mesmo, a versão lançada em 2001 entregou melhorias importantes no desempenho geral e estabilidade do software.

Além disso, a interface gráfica Luna, as ferramentas de desenvolvimento de temas de escritório com o fundo Bliss como padrão, o sombreamento abaixo dos menus e outros elementos visuais ficaram marcados na memória de todos os usuários.

 

 

 

O que o Windows XP 2021 entrega de tão diferente?

 

 

O Windows XP 2021 é um conceito que mostra para os usuários das novas gerações como essa versão do sistema operacional da Microsoft ainda é importante para os usuários que viveram aquela época. Ao mesmo tempo, combina componentes modernos como o Cortana, o visualizador de tarefas, a central de atividades e um explorador de arquivos reformulado.

Para reforçar a nostalgia, o popular jogo Pinball 3D e o assistente de busca Rover The Dog estão lá. E este conceito alcança algo que o Windows 10 ainda não conseguiu: uma consistência no design.

A próxima versão do Windows (21H2) promete uma reformulação estética no sistema operacional, com mudanças no menu Iniciar e na central de atividades inspirados no Windows 10X. A barra de tarefas também conta com uma maior presença da nova interface WinUI para melhorar o Shell, além da presença do modo escuro em mais componentes e um novo explorador de arquivos.

 

 

É claro que é muito mais fácil plasmar ideias conceituais da parte visual do que implementá-las no código de software e lançar comercialmente para milhões de computadores. Porém, não deixa de ser curioso ver como qualquer desenvolvedor consegue reformular a estética do Windows 10 para deixá-la atraente para os usuários… e a Microsoft, não!

 

 

 

Via Beta News


Compartilhe
@oEduardoMoreira