Compartilhe

A moda das pegadinhas no YouTube começa a cobrar caro o preço pela tentativa em buscar a fama a todo custo. Realizar coisas estúpidas parece ser uma forma muito eficiente para conseguir seguidores, mas nem sempre as coisas funcionam como esperado. Como foi no caso do ReSet, o youtuber espanhol que, no passado, decidiu fazer uma brincadeira de péssimo gosto com um indigente.

A brincadeira viralizou pelos motivos errados, e o youtuber acabou apagando o vídeo do seu canal e pediu desculpas. Porém, era tarde demais: a pegadinha infeliz se transformou em algo maior, e ReSet foi julgado pelos seus atos.

 

 

Se você gostou do vídeo, dê o like e se inscreva no canal

 

 

ReSet teve a “brilhante” ideia em gravar a brincadeira, onde ele comprava um pacote de bolachas recheadas (sim, cariocas… BOLACHA FUCKING RECHEADA) Oreo para dar de presente para um morador de rua. Porém, no lugar de bolachas normais, elas foram preenchidas com pasta de dente pelo youtuber. Depois disso, a ação acontecia, gravando a reação do indigente.

Por esse ato, ReSet foi condenado a 15 meses de prisão, além de pagamento de multa de 20.000 e uma suspensão do YouTube por cinco anos. Além de ter que apagar da plataforma o seu canal durante o período, e sem poder criar outro canal ou ganhar dinheiro com os seus vídeos anteriores.

 

 

O youtuber ganhou aproximadamente 2.000 euros com o vídeo dessa pegadinha. Além disso, ele gravou dois vídeos posteriores, onde ele dava dinheiro para o mesmo homem, e o vídeo de desculpas. E todos esses vídeos foram monetizados.

O que é curioso é que ReSet não apresentava antecedentes penais e, por isso, não vai cumprir os 15 meses de prisão. Porém, a melhor lição que todos podem aprender com o caso é a indenização que ele terá que pagar ao indigente, que ficou doente depois de comer as bolachas recheadas de pasta de dente, e pela humilhação pública.

 

Via El País


Compartilhe