Esse deve ser o escândalo mais tecnológico da história da NBA.

E se eu dissesse que o presidente do Philadelphia 76ers criou contas falsas para vazar informações sobre a saúde dos jogadores, criticá-los e mais?

Isso aconteceu com Bryan Colangelo, agora ex-presidente dos 76ers. Entre as coisas que ele fazia nessas contas estava, por exemplo, criticar as lesões do astro do seu time, Joel Embiid, detonar o desempenho de jogadores como Okafor, entregar dados sobre jogadores jovens, e mais.

Colangelo chegou aos Sixers depois que o time se desvinculou de Sam Hinkie, o responsável pelo bom momento atual do time, e também alvo das críticas de Colangelo em suas contas falsas.

Os 76ers emitiram nota afirmando que Colangelo “renunciou” (spoiler: ele foi demitido), e ele se defende que as contas eram gerenciadas pela sua esposa. Ninguém acredita na desculpa quando olha para o nível de informação e o uso da linguagem em todas as contas.

E o que você aprendeu aqui?

Não leve para o Twitter suas frustrações sobre trabalho. Isso pode se voltar contra você.