Engoliu o AirPod no lugar do comprimido de remédio: veja o que aconteceu! | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Variedades » Engoliu o AirPod no lugar do comprimido de remédio: veja o que aconteceu!

Engoliu o AirPod no lugar do comprimido de remédio: veja o que aconteceu!

Compartilhe

Eu nem sei por que eu perco tempo com essas histórias. Porém, algo me diz (e esse algo é o painel de estatísticas de acessos ao blog) que as pessoas adoram ler casos bizarros de eventos absurdos que ocorrem no mundo da tecnologia de tempos em tempos. E quem sou eu para contrariar o pedido do povo.

Logo, só estou entregando aquilo que você quer ler.

A história de hoje tem como protagonista Carli Bellmer, uma TikToker de Boston que tragou um AirPod (aquele fone de ouvido da Apple que qualquer pessoa pode perder e, agora, engolir por acidente) pensando que era o comprimido de um remédio.

Para ser mais preciso, um comprimido de ibuprofeno.

 

 

 

Como isso é possível?

Tá, eu sei que existem diferenças de design entre os dois itens, e que tal evento pode soar como algo absurdo para qualquer pessoa com o mínimo de capacidade cognitiva. Mas como estamos vivendo em um mundo onde as pessoas votam em qualquer otário para presidente da república…

Tá cedo demais para falar sobre isso? Ou posso começar a jogar a verdade na cara das pessoas?

Bom, vou mudar de assunto, antes que os protagonistas de uma famosa música do Zé Ramalho queiram derrubar este blog.

A menina Carli se deitou em sua cama com um AirPod em uma mão (o outro supostamente na orelha) e um comprimido de ibuprofeno na outra mão. E viva a sua rotina de vida normalmente, sem se preocupar com o futuro próximo.

Porém, sem se dar conta do que estava fazendo, na hora de tomar o medicamento, acabou trocando as mãos, e colocou o AirPod na boca e, na sequência, mandou ver em um delicioso copo de água, engolindo o dispositivo eletrônico.

Quando ela se deu conta que em uma das mãos estava o comprimido que ela teria que tomar, tomou a decisão que qualquer pessoa na mesma situação adotaria de imediato: tentou vomitar o AirPod o quanto antes. Não funcionou.

Resultado: Carli teve que ir ao médico para remover o objeto estranho do seu corpo.

 

@iamcarliiibFor ✨educational✨ purposes heres what happened when I mixed up my #airpod and an ibuprofen. Here to share awareness #LevisMusicProject #fyp

♬ Oh No – Kreepa


Mas o mais bizarro desse cenário vem agora.

Como o AirPod ainda estava funcionando dentro do seu estômago, a nossa protagonista ainda teve tempo de enviar uma mensagem de voz para a sua amiga antes do fone de ouvido sem fio ser removido do seu corpo, uma vez que o acessório ainda era audível.

Que baita propaganda para a Apple, não?

 

 

 

E como tudo terminou?

Carli Bellmer passou por uma radiografia, que NÃO DETECTOU o AirPod no seu estômago, o que indicava que o dispositivo já estava no seu intestino, e nada mais poderia ser feito naquela unidade médica.

No final, tudo terminou bem, pois Carli recuperou o AirPod depois que o dispositivo cumpriu o seu curso natural de digestão. E eu estou procurando a forma mais simpática possível para descrever isso (não quero ser tão explícito, pois você pode estar lendo este post enquanto almoça).

Para ser bem justo, o equívoco de Carli é bem razoável, pois eu já tomei o iboprufeno e sei que ele é um comprimido grande e difícil de ser engolido. E não é a primeira e, muito provavelmente, não será a última vez que alguém vai engolir um AirPod nessa vida.

Ou seja, no lugar de rir da menina Carli, pense umas dez vezes antes em como e onde você usa os seus fones de ouvido sem fio. Nada impede que a vítima do próximo acidente seja você.


Compartilhe