Chupa, geração caga regra da internet!

Vocês já se deram a oportunidade de assistir a série Elite? Ela está na Netflix, e pode passar batida para a maioria de vocês, pois por ser uma produção voltada para os adolescentes, ela sofre do estereótipo de ser mais uma ‘Rebelde wannabe’. Mas vai um pouco além disso.

A produção espanhola está se posicionando bem em todo o planeta, e não apenas por causa dos paralelos com a igualmente popular La Casa de Papel (apesar de que tem muita gente no elenco das duas séries). A projeção de Elite está acontecendo nesse momento por causa de um peculiar incidente no Instagram.

Mais uma cagação de regra da geração que acha que entende de alguma coisa.

A conta oficial da Netflix no Instagram publicou uma foto, onde vemos os personagens Omar e Ander (Omar Ayuso e Arón Piper) de Elite. É uma foto homo afetiva e um pouco perturbadora para alguns usuários de mente mais fraca. E isso levantou o questionamento de alguns, reclamando sobre a publicação.

De todos os comentários, um se destacou. Um tal de @judas_priest12321 agrediu verbalmente a Netflix por difundir esses conteúdos, afirmando que “nem todas as pessoas do planeta são gays”, e que a plataforma está tentando demais forçar a barra sobre o tema.

Pois bem, o gerente de redes sociais da Netflix decidiu responder ao reclamante de forma simplesmente épica, e com uma avalanche brutal e multicolorida.

 

 

“Sinto muito, mas não consigo ler o seu comentário rodeado por todos esses belos arco-íris.”

 

Ou seja, a Netflix deu uma bela de uma lacrada.

A resposta detonou mais de 14 mil comentários, muitos deles reproduzindo a resposta da Netflix, com mais de 432 mil likes.

Aliás, é importante lembrar que a Netflix já confirmou a segunda temporada de Elite.

E você acaba de ter alguns motivos mais que suficientes para dar uma olhada na série.