@oEduardoMoreira

De tudo, um pouco de mim

Tag Archives: robô

Octobot, um robô flexível inspirado em um polvo

by

octobot

O Octobot é um robô flexível inspirado nos polvos, que contam com uma estrutura física muito peculiar e cheia de possibilidades graças ao seu corpo.

O robô ainda está em fase muito inicial de desenvolvimento, mas seu design é bem resolvido. O mais chamativo é que, diferente do que ocorre com outros robôs flexíveis, o Octobot não possui partes sólidas.

 

Octobot: flexível? Como assim?

Isso é possível com o uso de silicone no processo de fabricação do corpo do robô, com uma série de pequenas câmeras, que trabalham com o peróxido de hidrogênio (água oxigenada) e pequenas manchas de platina.

Quando o peróxido de hidrogênio entra em contato com essas manchas, é produzida uma reação que libera uma pequena quantidade de gás, que flui através das “veias” do robô, podendo expandir seus membros.

Leve em consideração que, ainda que funcione, é um sistema muito complexo que precisa ser aperfeiçoado, já que tudo deve estar perfeitamente coordenado para que as contrações produzidas pelo gás movam o robô de forma adequada, que obviamente é incapaz de mover-se de forma autônoma.

Os responsáveis pelo projeto planejam introduzir sensores que facilitam o movimento autônomo do Octobot, que o tornaria capaz de identificar obstáculos e de se deslocar com segurança.

Um robô como esse pode ser uso no resgate de pessoas, adentrar em locais de difícil acesso e para a espionagem militar.

 

 

Via SlashGear

Robô mostra como se joga Piano Tiles 2 de verdade no iPad

by

robo-games-ipad

Alguns jogos são simplesmente impossíveis de serem jogados, colocando à prova nossa capacidade de coordenação motora. Por outro lado, existem os robôs que podem fazer todo o trabalho sujo por nós. Um gamer do popular “Piano Tiles 2” se cansou de tentar vencer o jogo, e desenvolveu um robô para essa finalidade.

Ele capturou a sequência que aparecia na tela do iPad com um iPhone, e programou o robô para tocar as teclas no momento exato. A velocidade que é possível alcançar com esse sistema de jogo é simplesmente alucinante. Os quatro pequenos “dedos robóticos” tocam a tela em uma velocidade de captura de imagem a 120 fotogramas por segundo, e os motores que ativam os dedos atuam com esse pequeno movimento para alcançar o toque no momento e local exato.

O resultado é surpreendente, e pode ser visto no vídeo a seguir. Ainda que inicialmente a velocidade da melodia a ea exibição das teclas seja algo lento, a coisa se complica rapidamente. A parte final do vídeo mostra um nível de jogo impossível para o ser humano. Não é possível nem ver o que está acontecendo, mas na prática testemunhamos o robô alcançando uma pontuação recorde.

E, mesmo assim, nem esse mecanismo consegue derrotar o jogo.

Vídeo a seguir.

 

Via Sploid

Um robô que maneja uma katana com a destreza de um mestre samurai

by

robo-katana

O Yasakawa Bushido Project é uma iniciativa que transformou um robô industrial em um singular samurai.

Os movimentos do mestre Isao Machii, que domina a arte Bushido, foram estudados e passados para o robô, para que o mesmo conseguisse manejar a katana com uma precisão surpreendente. O robô em questão é o Motoman MH24, fabricado pela empresa Yaskawa, e é voltado teoricamente para outros aspectos do mercado. Mas a empresa japonesa de eletrônicos decidiu demonstrar as suas possibilidades, em comemoração ao seu centenário de lançamento.

O vídeo mostra como o robô aprendeu os movimentos, com uma precisão absurda e uma capacidade de repetição incansável.

Um R2-D2 que traz a cerveja para você!

by

l_ts_haier01

Ok, desde 2008 temos o R2-D2 trazendo a cerveja para alguém. Mas esse aqui não é qualquer robô previamente programado. É uma mini geladeira em forma de R2-D2, criada pela Haier.

O robô se movimenta para onde você quiser, reproduzindo todos os seus sons característicos, e entregando a sua cerveja na hora que você mais precisa. OK, ele parece ser um pouco lento, e não temos certeza do quanto a sua bateria interna pode durar. Mas para um uso doméstico básico, ele pode ser bem vindo.

Seu preço não foi anunciado, e a Haier informou que o primeiro protótipo 100% funcional do robô estará disponível em algum momento de 2016.

 

l_ts_haier02 l_ts_haier05 l_ts_haier06 l_ts_haier04

Via

Robô japonês transforma neve em blocos de gelo

by

japanese-snow-machine-robot

Esse robô foi visto pela primeira vez em janeiro de 2008, mas como a internet é cíclica (e a galera de Nova York parece estar precisando de um negócio desses), eu decidi publicar aqui no blog. O Yuki-taro é um robô japonês que anda pelas ruas coletando a neve pelo caminho e transformando a mesma em blocos de gelo, que o próprio robô armazena na sua parte traseira.

Ele conta com duas câmeras e um sistema de rastreamento por GPS que ajuda a não transformar aquilo que não é neve (ou um sem teto) em blocos de gelo. Não fica claro para quê os blocos de gelo são utilizados, mas dá para se imaginar que seja para criar algum abrigo em tempos de frio intenso.

Via Fox News

Japoneses construíram um Transformer funcional. Só pra descontrair…

by

transformer-real-japan

Dois ‘hobbistas’ (sei que essa palavra não existe) japoneses construíram um transformer funcional, ou seja, um carro que consegue se transformar em um robô, caminhar e até se deslocar (no modo carro), de forma autônoma. E por pura diversão.

A ideia – aparentemente – é construir um modelo em tamanho natural, 100% funcional, e a dupla Kenji Ishida e Wataru Yoshizaki trabalham nesse projeto desde 2012. Eles esperam criar um modelo mais completo do robô já no ano que vem.

O robô tem 1.3 m de comprimento (no modo carro), pesa 35 quilos, autonomia de funcionamento de 1 hora, gerenciamento por conta do sistema operacional V-Sido OS, velocidade máxima ao caminhar de 1 km/h, e velocidade máxima no modo carro de 10 km/h. A seguir, um vídeo que mostra melhor esse projeto.

 

+info

Um robô em forma de… espermatozoide???

by

spermbot-1

É isso mesmo. Um grupo de pesquisadores apresentaram o Magnetosperm, um robô com uma cabeça de 27.6 x 42.6 micrômetros, e uma longitude de 322 micrômetros. Ele é um pouco mais largo que um espermatozoide real, e tem como missão servir de ferramenta auxiliar para tarefas do seu tamanho, principalmente na área da medicina.

É muito difícil criar um robô com tais dimensões. São obras de engenharia e design espetaculares. Para você ter uma ideia, sua cabeça tem um revestimento metálico que utilizando um campo magnético menor do que um imã de geladeira, pode controlar os seus movimentos. Sua cauda tem a mesma função que a cauda dos espermatozoides: deslocamento rápido através de ambientes líquidos.

O Magnetosperm é construído com um polímero flexível, e a capa metálica da cabeça é revestida com uma técnica chamada evaporação com raio de elétrons. A parte metálica se move quando o dispositivo entra no campo de movimento, que por sua vez se produz pela bobina do eletro ímã.

spermbot-2

Apesar do dispositivo poder se mover com muita precisão, ele não possui a velocidade ou o ritmo de um espermatozoide normal. Na verdade, manejar esse robô tem lá sua complexidade, já que é necessário mudar o campo magnético com um computador para indicar o seu destino. Suas tarefas principais? Implementar objetos ou medicamentos igualmente pequenos pelo corpo.

Seus primeiros experimentos já são realizados, enquanto são feitas melhorias dos modelos originais, para que sejam ainda menores e mais rápidos.

Via BBC

Um traje no estilo Transformers permite que qualquer um levante até 49 kg em cada mão

by

traje-transformers-photo

O Body Extender, criado pela Perceptual Robotics Laboratory (Itália) conta com o que há de mais sofisticado em termos de tecnologia. Foi desenvolvido para auxiliar nas zonas de desastres, pode levantar grandes pedaços de escombros, ajudando no resgate, podendo levantar até 49 quilos em cada uma de suas mãos.

Esse é um robô “vestível”, ou um exoesqueleto, permitindo que um ser humano conte com uma força extra para essas missões especiais. O robô ainda está em desenvolvimento, e não tem previsão de chegar ao mercado final. Mas você pode conferir como o conceito funciona, no vídeo abaixo, produzido pela BBC.

Construíram um adorável (e incrível) robô Wall-E em tamanho natural

by

Wall-E-Robot

Você se lembra do Wall-E? Oras, que pergunta tola a minha… quem não se lembra de um dos filmes mais legais dos últimos dez anos? Então, não é a primeira vez que vemos o robô no mundo real, e não é a primeira tentativa de reproduzirem o produto no mundo real. De modo que esse post é só mais um que ilustra a paixão das pessoas pelo robozinho.

Tudo o que Mike McCaster precisou para construir essa réplica do robô de Wall-E foi de dedicação, os materiais adequados, e a ajuda de um grande e bom amigo. Cada peça do robô foi coletada de outros equipamentos que não foram aproveitados em outros equipamentos por motivos dos mais diversos, e foram adaptados nesse novo projeto. Outro detalhe: o Wall-E de Mike é totalmente funcional, e consegue rotacionar em até 270 graus, sendo equipado até mesmo com um medidor de recarga solar, tal como o robô do filme possui.

Vídeo do robô abaixo.

 

Via DVICE

Mostre todo o seu amor pelo Android, com esses alto-falantes em forma de robô da iHome

by

Bonitinhos, não? Pois é, além de ser descolado, o Android Bluetooth speaker não são produtos oficiais do Google (mesmo porque são da iHome), mas são no formato do mascote do sistema operacional mais usado do mundo, o que é motivo suficiente para você querer ter ele no seu escritório. Tem LEDs piscantes, compatibilidade Bluetooth (inclusive podendo ser utilizado com um iPhone, sem preconceito), e pode ser recarregado via USB. Preço: US$ 25 cada, e pode ser comprado aqui.

Vi no Ubergizmo