Você viajaria de avião para… lugar nenhum? Press "Enter" to skip to content
Início » Variedades » Você viajaria de avião para… lugar nenhum?

Você viajaria de avião para… lugar nenhum?

Compartilhe

As companhias aéreas de todo o mundo estão desesperadas. Com a crise global, algumas empresas acabam inclusive colocando aviões no ar para que eles não fiquem danificados pelo não uso. Porém, a companhia aérea japonesa All Nippon Airways (ANA) decidiu inovar: vender passagens aéreas para viagens que vão a lugar nenhum!

E as passagens não são baratas, podendo custar até 400 euros.

 

 

 

Como isso aconteceu?

 

 

A ANA comprou três unidades do Aribus A380, com o objetivo de cobrir o trecho Tóquio (Japão) > Honolulu (Hawaii, EUA). Por isso, as aeronaves estão decoradas com tartarugas.

Então, chegou a crise sanitária global, e o Hawaii proibiu a aterrisagem de voos estrangeiros. O problema era enorme, pois o Airbus A380 exige pelo menos um voo a cada três meses para evitar a degradação dos seus sistemas.

E um voo sem passageiros é algo extremamente caro.

Então, a ANA decidiu ser criativa, organizando um voo de um desses aviões para lugar nenhum. O avião decola de Tóquio, dá algumas voltas ao redor do aeroporto durante 1h30, e pousa no mesmo aeroporto. As passagens tem custos entre 154 e 400 euros (esse último, de primeira classe).

A ideia agradou tanto, que a ANA teve que criar um sistema de loteria, pois tinha muito mais pedidos do que assentos no avião.

Vários incentivos explicam o sucesso da ação. Primeiro, muitas pessoas não viajam de avião porque não precisam ir para lugares distantes, e essa é a oportunidade para dar uma volta de avião sem precisar ir para algum lugar.

Além disso, o Airbus A380 é um avião enorme e muito atraente. Sem falar que é uma oportunidade única de montar em uma tartaruga voadora (e quem não quer fazer isso na vida?).

Por fim, a ANA ofereceu uma série de presentes aos passageiros, como um ambiente festivo com decoração havaiana e um cupom de 50 euros para voos futuros, além de pontos que podem ser acumulados para trocar por presentes ou passagens aéreas.

Por fim, todos os passageiros receberam um kit de boas vindas, dependendo da classe onde estava viajando. Desde uma mochila e um cobertor de bambu para a classe turística até acessórios de higiene e tocador da Globe Trotter para os passageiros de primeira classe.

 

 

Via Business Insider


Compartilhe