DSC01478

A assessoria de imprensa da Motorola Brasil mandou para cá o Motorola Moto E, o último lançamento da empresa visando conquistar o cobiçado mercado de entrada. O modelo passará por testes nas próximas semanas, e o review será publicado em breve no TargetHD. Como sempre, esse post é para passar as minhas primeiras impressões sobre o produto.

Como utilizei o LG G2 nos últimos dois meses, é até estranho segurar o Moto E. É um modelo bem compacto, mas que oferece um bom agarre nas mãos. Entendo que seu tamanho é perfeito para atender as necessidades de uso da maioria dos usuários, ainda mais levando em conta que a maioria dos seus compradores ou nunca utilizaram um smartphone, ou vão sair de um celular convencional ou dumbphone. Ou seja, vai ser um salto bem interessante.

DSC01481

Uma coisa que se mantém igual ao dos demais modelos dessa nova linha Moto é o seu design. Ele definitivamente lembra os demais modelos no seu exterior, mas entendo que é praticamente impossível algum leigo confundir esse modelo com o Moto G por exemplo. O friso metálico na parte inferior (na região do microfone) impede que o produto seja confundida com tanta facilidade.

Um detalhe importante: quando recebi o dispositivo, ele contava com o Android 4.4.2 KitKat (inclusive no vídeo que você poderá conferir no final desse post mostra essa informação), porém, durante esse final de semana, o modelo foi atualizado para a versão 4.4.3 KitKat. Essa é uma “surpresa”, pois alguns rumores indicavam que os modelos da linha Moto “saltaria” a versão 4.4.3, indo direto para a 4.4.4, que conta com a correção para a vulnerabilidade do OpenSSL.

De qualquer forma, melhor para vocês. Todos os testes serão feitos já com a versão Android 4.4.3, ou seja, mais próximo de uma versão final, e com uma experiência de uso atualizada, tal como você deve receber em casa quando adquirir o produto.

DSC01488

Por fim, o Motorola Moto E oferece boas impressões nesses primeiros testes. É claro que ele é uma proposta diferente daquelas que já testamos, e temos que levar isso em consideração na hora de analisar o produto (sim, o produto tem vantagens e desvantagens, que serão devidamente destacadas no review do TargetHD). Mas levando em conta o seu público alvo e o seu nicho de mercado, ele pode sim ser uma boa escolha para os usuários que estão saindo dos celulares tradicionais, ou que desejam um smartphone mais completo do que aquele Android chinês de R$ 150, que parou de funcionar com duas semanas de uso.

Vídeo a seguir.

DSC01482 DSC01485