Tag Archives: primeiras impressões

Bancada de Testes | Lenovo Vibe A7010

by

IMG_20151216_134614575

A assessoria de imprensa da Motorola/Lenovo enviou para testes uma unidade do Lenovo Vibe A7010. O modelo já tem um tempo de mercado lá fora, mas só agora chegou no Brasil.

O modelo curiosamente chega para fazer concorrência com alguns modelos da própria Motorola, como o Moto X de 2ª Geração e o Moto G de 3ª Geração, além de ser mais um postulante ao título de “novo smartphone favorito do brasileiro abaixo dos R$ 1.500”. Isso se explica por conta de suas características técnicas interessantes, um design atraente e a presença de um leitor de digitais, algo que é raro ver em um produto dentro de sua faixa de preço.

Na prática, é um lançamento arriscado da Motorola/Lenovo. Vivemos em um momento onde a economia brasileira se comporta de forma instável, com os preços elevados e uma incerteza na política que afeta diretamente o comportamento dos preços de consumo geral. E falando de forma mais específica do mercado de eletrônicos de consumo, com o fim da MP do Bem, a tendência de alta dos preços dos smartphones é algo considerado inevitável.

Por outro lado, a Lenovo pode até se dar bem com tudo isso. O Lenovo Vibe aparenta ser um produto forte o suficiente para fazer um certo barulho no mercado brasileiro, e conta com um preço bem interessante para abrir o seu espaço. Talvez pese um pouco contra o fato desse ser o primeiro smartphone da Lenovo, e da maioria das pessoas não entenderem que ela e a Motorola são basicamente a mesma coisa. Mesmo assim, para quem olhar com mais atenção para o preço e as especificações desse modelo, pode ter uma grata surpresa.

IMG_20151216_134634531

O smartphone em si é bonito. Com linhas sóbrias, um bom agarre e um interessante acabamento. Apesar de contar com o plástico na maior parte dos seus materiais, não é um acabamento que passe a impressão de fragilidade, ou de um trabalho descuidado ou desleixado. Sem falar que o design do smartphone da Lenovo, apesar de preservar algumas características que lembram os smartphones da Motorola, conta com um DNA próprio, e isso fica evidente em várias de suas características (disposição de botões de volume e liga/desliga, acabamento e a presença de um leitor de digitais).

Aliás, a presença de um leitor de digitais em um modelo intermediário como é o Lenovo Vibe é uma grata surpresa. É muito difícil ver tal funcionalidade em um dispositivo na sua faixa de preço. Esse pode ser um dos trunfos desse modelo para conseguir capitalizar no mercado. Não são poucos que estão mais e mais preocupados com as questões de segurança no seu dispositivo móvel.

IMG_20151216_134644086

Um dos extras que acompanha o Lenovo Vibe é essa capinha de silicone. Não tanto pela questão da economia, mas principalmente pelo usuário já contar com uma proteção extra no smartphone desde o primeiro dia de uso. Ok, toda economia é válida. Mas são pequenas gentilezas que fazem a diferença na relação cliente-empresa.

O review completo do Lenovo Vibe A7010 vai ao ar no TargetHD.net daqui a alguns dias. Fiquem ligados!

Bancada de Testes | Quantum Go

by

2015-10-02 10.47.05

Faz mais ou menos uma semana que estou testando o Quantum Go, um dos lançamentos recentes no mercado de smartphones. O review deve ir ao ar no TargetHD.net na semana que vem. Mas posso dizer que as primeiras impressões sobre o dispositivo são simplesmente excelentes.

O modelo é uma parceria da Quantum, startup criada por funcionários da Positivo Informática com a própria Positivo, que oferece o suporte técnico em cima do conceito criado por eles. A ideia aqui foi oferecer um smartphone “BBB” (bom, bonito e barato), com um design de dispositivo premium, especificações bem ajustadas e um preço muito competitivo.

2015-10-02 10.47.44

Não só eu, mas os colegas blogueiros e jornalistas de tecnologia afirmam que o objetivo aqui foi alcançado. A primeira impressão que tive do Quantum Go era de um produto muito bem resolvido em termos de design, apesar de muita gente afirmar que ele é parecido com alguns modelos da Sony, e eu concordo. Mesmo assim, o modelo mantém uma identidade própria, e a qualidade final do produto pode suplantar qualquer tipo de comparação.

Sem falar no acabamento, que realmente lembra o de modelos que são relativamente mais caros (entre R$ 1.000 e R$ 1.300). A Quantum acertou em cheio na proposta de oferecer um dispositivo que tenha esse cuidado na qualidade final, mas com um preço que se ajusta ao bolso da maioria dos brasileiros.

Aliás, você sabia que o brasileiro médio paga em torno de R$ 600 em um smartphone novo? É mais ou menos o preço do Quantum Go. Leve isso em consideração.

2015-10-02 10.47.57

O cuidado da empresa em oferecer uma maior qualidade também pode ser vista nos pequenos detalhes. Botões bem posicionados, slots para SIM cards e microSD com acesso fácil, bordas com acabamento metalizado… tudo isso indica claramente a importância que a Quantum deu para esses aspectos que só enriquecem a qualidade do produto.

2015-10-02 10.48.04 2015-10-02 10.48.16

Mais um ponto positivo para o Quantum Go é o seu equilíbrio de hardware e software. Obviamente, o dispositivo não é um top de linha, mas é um modelo com especificações técnicas equilibradas o suficiente para oferecer uma boa experiência de uso. O Android Lollipop presente nesse smartphone está com um desempenho muito limpo, sem arrastos e engasgos. E a Quantum já garantiu a atualização para o Android Marshmallow no futuro.

Ainda é preciso testar mais a fundo a qualidade das suas câmeras em diferentes condições de luminosidade, mas já posso afirmar que o Quantum Go tem uma qualidade final de imagem no mínimo similar ao dos seus principais concorrentes do mercado. Nesse aspecto, dentro da sua faixa de preço, ele está dentro da média. Ou oferece o suficiente para você compartilhar as imagens registradas nas redes sociais sem passar vergonha.

2015-10-02 10.48.33

Como disse antes, o review completo do Quantum Go será publicado no TargetHD.net na próxima semana. Mas pelas primeiras impressões, já posso dizer que estamos diante de um dos melhores lançamentos de smartphones Android em 2015. Não por ser um top de linha, mas justamente por ser uma proposta muito equilibrada, oferecendo boas surpresas para o público-alvo desse produto.

2015-10-02 10.49.12

LG G4 chegou para testes. Review em breve no @TargetHD

by

2015-07-07 15.04.33

E ele está por aqui. A assessoria de imprensa da LG do Brasil enviou para testes o LG G4, cujo review será publicado no TargetHD.net nos próximos dias. O modelo é o mais recente smartphone top de linha que a empresa lança no mercado brasileiro, chegando para competir com os outros modelos premium da concorrência.

Eu já havia testado o smartphone no seu evento de apresentação no Brasil, mas foi de forma muito breve. Agora, tenho pelo menos duas semanas para descobrir e concluir (ou não) se ele vale os mais de R$ 3 mil solicitados por ele. Eu não tenho dúvidas que este é um dispositivo top de linha, mas a pergunta persiste: ele vale o quanto pesa? Para que tipo de usuário é pensado um smartphone como esse, e com esse preço?

2015-07-07 15.05.16

Uma coisa eu não posso negar: o LG G4 é um smartphone muito bonito. Mesmo nesse modelo, que é o ‘menos caro’, com acabamento em carcaça de plástico. Em São Paulo, eu constatei que o couro da carcaça traseira da outra versão é realmente muito atraente no seu visual, e bem agradável no toque com as mãos. Nesse caso, também temos um excelente resultado nos dois aspectos.

O LG G4 é um smartphone que agrada na sua estética, que pode atrair com facilidade os olhares daqueles que priorizam a beleza nos dispositivos de tecnologia. Aparentemente, é até mais leve e fino que o LG G3, algo que é notável para um produto que tem dimensões maiores.

2015-07-07 15.07.08

É claro que beleza não é tudo nesse mundo, e os testes iniciais mostram que o LG G4 é também um smartphone muito potente. Talvez dessa vez a customização do Android Lollipop feita pela LG tenha sido ‘um pouco demais’, mas não podemos dizer que o dispositivo não oferecem um resultado final de alta qualidade no seu desempenho.

Vamos ver se ele será fluído como se espera na execução de jogos e tarefas mais pesadas. Imagino que ele não terá problemas na hora de reproduzir vídeos em alta definição – é o mínimo que se espera de um dispositivo que conta com uma tela com resolução elevada… que sua GPU trabalhe com competência nesse aspecto -, de modo que prometo intensificar os testes nesse aspecto.

2015-07-07 15.04.38

O review completo do LG G4 estará disponível no TargetHD.net nos próximos dias. A seguir, o vídeo de primeiras impressões do produto.

 

Bancada de Testes | Huawei Ascend 7

by

huawei-ascend-7

Os produtos não param de chegar para testes. Dessa vez, foi a assessoria de imprensa da Huawei que enviou o Huawei Ascend 7 para testes. Como você bem sabe, o review será publicado em breve no TargetHD.net.

O que posso adiantar desse smartphone? É que ele é um modelo muito bonito, muito bem acabado e muito leve. Mesmo. Seu baixo peso deixa o produto confortável nas mãos, apesar da parte traseira do produto (protegida em vidro) não dar toda essa sensação de segurança que o mesmo ficará firme nas mãos.

Aliás, essas laterais com borda de metal e essa traseira em vidro… te lembra o que mesmo? Sim, eu sei… um dos modelos mais antigos daquela maçã mordida… mas vamos deixar isso de lado, ok?

Pelo menos nas primeiras impressões, o Ascend 7 parece ser um dispositivo rápido e fluído. Acho que um dos grandes pontos de dúvida dos usuários é sobre o desempenho do processador Kirin HiSilicon presente nesse modelo. Como ele vai trabalhar em conjunto com a GPU, com a tela Full HD e os demais elementos de hardware integrados?

Sem falar que sua interface é customizada, bem diferente da proposta do Android ‘puro’. Com tudo isso, acho que o dispositivo não decepciona nesses aspectos. Mas… vamos ver. Só o tempo de uso vai dizer se ele entrega o que promete.

As câmeras traseira e frontais prometem entregar ao menos resultados decentes ou satisfatórios para a maioria dos usuários que desejam obter boas fotos para compartilhamento nas redes sociais.

Por fim, gostei da ideia geral do Huawei Ascend 7. Vamos ver se vou gostar do produto no uso prático diário.

Vídeo de primeiras impressões a seguir.

 

Bancada de Testes | LG G Pad 7.0

by

120109262SZ

Recebi da assessoria de imprensa da LG do Brasil o tablet LG G Pad 7.0, um dos novos modelos do portfólio da empresa para a temporada de 2014 de lançamentos. O vídeo abaixo mostra as minhas primeiras impressões sobre o produto, assim como um breve unboxing do mesmo. O review completo você confere em breve no TargetHD.net.

 

IFA 2014 | Sobre o Samsung Galaxy Note Edge

by

galaxy-note-edge2

De novo: com tudo o que falamos sobre a Samsung (eu mesmo sou um crítico voraz da empresa), uma coisa que não podemos negar é que ao menos eles tentam inovar. Ok, muito se fala das tentativas da empresa em copiar os outros, e muito se questiona se tais inovações são realmente úteis e necessárias. Fato é que eles não ficam esperando anos para apresentar algo novo (como uma certa Apple), e a prova disso é o novo Samsung Galaxy Note Edge, apresentado na IFA 2014.

O modelo lembra um dos protótipos apresentados pela empresa em um passado não muito distante, e a ideia aqui é oferecer uma proposta de uso diferente para a tecnologia de tela curva. Aliás, diferente e minimamente útil, pois acho que o Samsung Galaxy Round não foi para frente por conta do seu ar “sou ousado demais para o mundo de vocês”, mas que, na prática, se transformou em um “você é pouco útil na minha vida” por parte do usuário.

Aliás, essa tela não é apenas curva. Ela funciona de forma independente (com a ajuda do software da Samsung – a famigerada interface TouchWiz), permitindo que a tela maior fique desligada, e apenas a tela lateral permaneça ativa, recebendo notificações. É uma variação das outras telas inteligentes já vistas em outros modelos de concorrentes.

Mas em uma tela curva, o que faz toda a diferença de design.

galaxy-note-edge

Particularmente, eu gosto do fato da Samsung ao menos tentar apresentar algo diferente. Mais uma vez eu digo que não questiono muito a praticidade do novo sistema, mas me agrada ver uma empresa que não tem medo de correr riscos. Até agora, nenhuma empresa tentou algo semelhante, e é disso que o mundo da tecnologia precisa: de mais inovação, de um maior numero de tentativas para soluções diferenciadas. Se vai dar certo ou não, é uma outra história. Mas que ao menos tentem alguma coisa.

Sobre as especificações de hardware, pouco se tem a dizer. Ele é basicamente o Galaxy Note 4 (também anunciado hoje), com 0.1 polegada a menos de tela, uma leve diferença (para menos) na bateria, e todos os recursos já conhecidos da interface da Samsung, turbinada com algumas novidades específicas para o uso com a nova S Pen, que promete ser mais inteligente.

É um dispositivo top de linha, o que o torna naturalmente interessante. Porém, não é difícil de se imaginar que esse será um modelo consideravelmente caro para a maioria dos mortais. Talvez mais caro que o próprio Galaxy Note 4, por conta do fator inovação. Logo, será mais um smartphone com preço proibitivo quando chegar ao Brasil.

De qualquer forma, a Samsung está tentando. Quero ver se sua concorrente direta consegue chamar a minha atenção na semana que vem, apresentando alguma inovação. Sim, pois aumentar o tamanho de tela de um smartphone não representa inovação nenhuma. Pelo contrário: só mostra como algumas empresas estão muito atrasadas em relação ao que pede o consumidor.

Bancada de Testes | Motorola Moto E

by

DSC01478

A assessoria de imprensa da Motorola Brasil mandou para cá o Motorola Moto E, o último lançamento da empresa visando conquistar o cobiçado mercado de entrada. O modelo passará por testes nas próximas semanas, e o review será publicado em breve no TargetHD. Como sempre, esse post é para passar as minhas primeiras impressões sobre o produto.

Como utilizei o LG G2 nos últimos dois meses, é até estranho segurar o Moto E. É um modelo bem compacto, mas que oferece um bom agarre nas mãos. Entendo que seu tamanho é perfeito para atender as necessidades de uso da maioria dos usuários, ainda mais levando em conta que a maioria dos seus compradores ou nunca utilizaram um smartphone, ou vão sair de um celular convencional ou dumbphone. Ou seja, vai ser um salto bem interessante.

DSC01481

Uma coisa que se mantém igual ao dos demais modelos dessa nova linha Moto é o seu design. Ele definitivamente lembra os demais modelos no seu exterior, mas entendo que é praticamente impossível algum leigo confundir esse modelo com o Moto G por exemplo. O friso metálico na parte inferior (na região do microfone) impede que o produto seja confundida com tanta facilidade.

Um detalhe importante: quando recebi o dispositivo, ele contava com o Android 4.4.2 KitKat (inclusive no vídeo que você poderá conferir no final desse post mostra essa informação), porém, durante esse final de semana, o modelo foi atualizado para a versão 4.4.3 KitKat. Essa é uma “surpresa”, pois alguns rumores indicavam que os modelos da linha Moto “saltaria” a versão 4.4.3, indo direto para a 4.4.4, que conta com a correção para a vulnerabilidade do OpenSSL.

De qualquer forma, melhor para vocês. Todos os testes serão feitos já com a versão Android 4.4.3, ou seja, mais próximo de uma versão final, e com uma experiência de uso atualizada, tal como você deve receber em casa quando adquirir o produto.

DSC01488

Por fim, o Motorola Moto E oferece boas impressões nesses primeiros testes. É claro que ele é uma proposta diferente daquelas que já testamos, e temos que levar isso em consideração na hora de analisar o produto (sim, o produto tem vantagens e desvantagens, que serão devidamente destacadas no review do TargetHD). Mas levando em conta o seu público alvo e o seu nicho de mercado, ele pode sim ser uma boa escolha para os usuários que estão saindo dos celulares tradicionais, ou que desejam um smartphone mais completo do que aquele Android chinês de R$ 150, que parou de funcionar com duas semanas de uso.

Vídeo a seguir.

DSC01482 DSC01485

Bancada de Testes | Filmadora JVC Everio GZ-E10

by

DSC01461

Durante um bom tempo, eu utilizei nos meus blogs uma câmera Sony Cybershot para a gravação dos meus vídeos de review e de primeiras impressões. Porém, eu sempre soube que esta não era a solução ideal, e que precisava adquirir uma filmadora dedicada, com recursos melhores e maior capacidade de captação de imagem. Pois bem, um belo dia, um certo e-commerce nacional reduziu o preço dessa filmadora JVC Everio GZ-E10 de forma considerável, e eu acabei fazendo o investimento.

Esse vídeo não conta com o tradicional teste de captação de imagens da câmera em si, mas ao menos mostra o produto para vocês, com os comentários das primeiras experiências sobre o produto. Na semana que vem, o vídeo de primeiras impressões do Motorola Moto E (que chegou para testes e reviews para o TargetHD) vai ao ar, e esse será um dos primeiros vídeos com essa câmera que vou publicar.

De um modo geral, estou satisfeito com a filmadora. Eu bem sei que esse é um modelo amador, sem muitos recursos avançados, mas com algumas vantagens que foram levadas em consideração na hora da compra, como por exemplo: sistema de estabilização de imagem, detector de faces, um zoom óptico de 40x, modo intelligent auto, backside illuminated (sistema de iluminação traseira, que melhora a captação de imagens em ambientes com baixa luminosidade), entre outras funcionalidades.

DSC01428

É uma filmadora bem compacta, que fica bem confortável na mão, onde os dedos se posicionam de forma perfeita para acionar os botões de REC/Pause e zoom. Além disso, a bateria recarregável, o visor com giro de 270 graus e a possibilidade de armazenar os vídeos em cartões SD (ou cartões microSD com o uso de adaptador) são outras pequenas vantagens que me chamaram a atenção.

Enfim, o review desse produto vai ao ar em breve no TargetHD. Mas já posso adiantar que estou satisfeito com os resultados. E posso dizer que o vídeo abaixo é um dos últimos captados pela minha Sony Cybershot, que ainda será útil para as atividades do blog. Até porque é bem raro eu simplesmente aposentar um gadget.

Vídeo de primeiras impressões a seguir.