Até um executivo da Intel precisa de um computador novo para usar o Windows 11 | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Notícias » Até um executivo da Intel precisa de um computador novo para usar o Windows 11

Até um executivo da Intel precisa de um computador novo para usar o Windows 11

Compartilhe

Dá para ler essa notícia de duas formas:

A regra vale para todo mundo;

Não está fácil para ninguém.

Se você está aí na sua casa ou escritório reclamando da Microsoft que vai te obrigar a trocar esse seu notebook que segue funcionando bem apenas por causa das exigências técnicas para funcionar o Windows 11 de forma plena, saiba que você não está sozinho nessa.

Greg Lavender, CTO da Intel, afirmou em recente entrevista que até ele, que está bem longe de ser um mero mortal, teve que trocar de computador porque tentou atualizar o equipamento para o Windows 11 e não conseguiu… por causa das especificações técnicas do seu equipamento.

 

 

 

Não tem moleza pra ninguém

Esse post pode te consolar diante do fato quase inescapável que aquele seu ótimo computador com Intel Core i7 de sétima geração não é capaz de rodar o Windows 11 de forma plena (na verdade, ele até roda o sistema operacional, mas quem é que se arrisca a ter um dispositivo conectado na internet sem atualizações?).

O motivo que fez Lavender precisar de um novo computador para receber o Windows 11 foi o mesmo que pode afetar a qualquer um de nós, inclusive os padres seminaristas é claro: o famigerado TPM, tecnologia de segurança que a Microsoft usa como “justificativa” para limitar o sistema operacional aos computadores mais recentes.

Leia o “triste” relato de Greg Lavender ao tentar instalar o Windows 11 no seu (até então) atual computador:

“Eu tenho um antigo Intel NUC [uma linha de PCs compactos] que uso para programação. Tentei atualizar para o Windows 11 e ele me disse que preciso comprar um novo porque não tinha o Trusted Platform Module (TPM ).”

“Por isso, perguntei aos meus colegas quando será lançado o próximo modelo NUC. Não quero aquele que estamos distribuindo no momento, mas um com os novos chips. Portanto, estou na lista de espera para que me enviem uma caixa beta.”

A “pequena” diferença entre eu, você e o Lavender é que os dois primeiros vendem o almoço para comprar a janta, enquanto que o terceiro tem recursos financeiros ilimitados para comprar um novo computador, ou esperar que seus funcionários desenvolvam um só pra ele.

Diferença “sutil”, convenhamos.

 

 

 

Um preview do que pode acontecer com as empresas ao redor do mundo

Pode parecer uma piada ver um diretor da Intel solicitando um novo computador para usar o Windows 11, mas isso ilustra o impacto da decisão da Microsoft em toda uma indústria.

Parte dos computadores do mundo em uso terão que ir direto para a reciclagem, forçando uma renovação de equipamentos em escala global, principalmente no mercado corporativo. Grandes empresas e órgãos públicos não podem usar softwares antigos para sempre ou recorrer a métodos de atualização que não contam com o suporte da Microsoft.

As grandes corporações precisam de um suporte técnico ainda mais rigoroso e especializado que os usuários domésticos, e não dá para imaginar o que seria o seu banco utilizando um dos vários métodos alternativos para instalar e usar o Windows 11 em equipamentos antigos e sem o TPM, não contando com qualquer tipo de suporte ou atualizações de segurança.

Certamente você não se sentiria seguro em deixar o seu dinheiro em um banco assim. Certo?

Então… vamos esperar para ver o que vai acontecer daqui para frente.


Compartilhe