Compartilhe

A apresentação do iPhone original em 2007 marcou um antes e um depois no mundo da tecnologia. Mesmo sem contar com alguns recursos importantes, todo o mercado abraçou a proposta, transformando o smartphone em um substituto direto do computador convencional.

Porém, outros produtos foram muito mais penalizados, e foram aniquilados do mercado com o crescimento do smartphone no mercado de consumo. E esse post mostra cinco produtos que sofreram desse efeito de extinção.

 

 

MP3 e MP4 players, Walkman, Discman, etc

 

 

Quem nunca teve um MP3 ou MP4 player, que atire o primeiro MP3 ou MP4 player. Todo mundo que gosta de música teve um desses. Já os geeks mais velhos (meu caso) já utilizou Walkmans ou Discman, algo que também era uma tecnologia fascinante. Porém, com o iPhone de 2007, todo mundo começou a ouvir músicas no smartphone, e os players digitais e reprodutores dedicados foram exterminados.

 

 

Câmeras digitais

 

 

Em 2008, as vendas de câmeras digitais pararam de crescer de forma exponencial. Em 2010, com a chegada de smartphones com câmeras muito boas para a sua época (iPhone 4 ou Galaxy SII, por exemplo), as vendas de câmeras começaram a cair, indo de 110 milhões de unidades no ponto mais alto até pouco mais de 20 milhões em 2018. Hoje, é um mercado de nicho muito específico, mas com um tempo de vida útil muito mais longo que nos smartphones.

 

 

Filmadoras portáteis

 

 

As filmadoras foram perdendo popularidade desde o lançamento dos smartphones com câmera, e hoje em dia apenas os fãs e profissionais da área contam com uma unidade em casa. Sem falar que a qualidade das câmeras dos telefones é excelente, sem se diferenciar muito de um produto dedicado nas capacidades de áudio, vídeo e estabilização. Resultado: a queda nas receitas das filmadoras é de 93% diante dos números alcançados em 2007.

 

 

Navegadores GPS

 

 

O que era o futuro da automação sucumbiu para a tecnologia móvel, e a queda nas vendas de navegadores GPS em relação ao ano de 2007 é de mais de 80% em 2016. É bem provável que esse número já alcançou os 90%.

Hoje, qualquer bom smartphone conta com um bom app de GPS, sem falar nos carros que contam com recursos inteligentes. Por outro lado, marcas como Garmin se popularizaram por causa do seu GPS portátil, que ainda é muito utilizado aos esportistas de alto desempenho.

 

 

Telefone fixo

 

 

Quem ainda usa isso?

O telefone fixo, que no passado era fundamental para se conectar à internet, hoje virou um inútil gastador, mesmo sendo muito popular para muita gente até hoje. Muito provavelmente por causa da herança tecnológica que as empresas de telefonia e internet perpetuaram ao longo do tempo.

Mas uma coisa é ter um telefone fixo em casa, e outra bem diferente é o uso que se dá a ela. Eu tenho uma linha de telefone fixa, mas sequer tenho um telefone conectado nela. Por outro lado, tem pessoas que, para fins profissionais ou pessoais, contam com chamadas ilimitadas de telefonia.


Compartilhe