Sendo bem sincero? Bem chato. Porém, ao mesmo tempo, bem interessante.

Eu prefiro os ataques dominando as defesas. Quem sabe o Super Bowl LIII seria mais interessante com os dois ataques mais eficientes da liga em 2018 (e um replay daquele maluco Monday Night Football entre Kansas City Chiefs vs Los Angeles Rams). Ou seria bem mais competitivo e aberto se envolvesse dois dos melhores QBs da história da NFL, entre New England Patriots vs New Orleans Saints.

Mas quis o destino que a final de 2019 fosse decidida entre Patriots vs Rams, e as defesas prevaleceram. A defesa de New England fez de Jared Goff um verdadeiro saco de pancadas, e para ajudar, o tão falado ataque dos Rams foi completamente eclipsado pela implacável e incansável defesa dos Patriots.

Quantos blitz… Goff não vai dormir a noite. Sua cara de assustado denunciava o pesadelo acordado que ele vivia, sem falar que a sua pouca experiência ficou explícita no seu jogo.

E Goff não vai mesmo. Basicamente o seu passe interceptado decidiu o jogo a favor dos Patriots. Isso, e o domínio absoluto do time de New England, que deu a entender que controlou o jogo o tempo todo, e que podia decidir a qualquer momento. E assim o fez.

E o que falar desse New England Patriots?

Uma dinastia.

Tom Brady conquista o seu sexto título, levando New England a consolidar a sua dinastia dentro da NFL. Aliás, o próprio Brady tem, sozinho, mais títulos do que pelo menos 25 franquias de toda a NFL.

Um placar baixo, sim. Porque foi um jogo de defesas. Até o início do último quarto, foi quase um jogo de xadrez. Mas não porque o jogo estava equilibrado. Os Patriots dominaram o jogo todo, cansando a defesa dos Rams e atacando para matar o jogo na hora certa.

A grande dificuldade era para New England chegar ao TD. Os Rams pouco evoluíram para alcançar o mesmo objetivo.

Enfim… é isso. O Super Bowl LIII foi bem longe de ser o jogaço que todos desejavam. Mas foi importante para todos testemunharem a história sendo escrita diante de nossos olhos. Ao menos isso.

E parabéns ao New England Patriots. A mais poderosa dinastia da história da NFL. A dupla Brady e Belichick é a mais vitoriosa da liga. Julian Endelman merceu ser o MVP. E Robert Kraft tem uma visão excelente de como gerenciar uma liga esportiva.

Agora, NFL só em agosto, na pré-temporada. No meio do caminho tem o Draft para voltarmos ao assunto, mas não para matar as saudades.

Que comece a abstinência.