Ir ao conteúdo

Galaxy S2 consegue rodar o Android 11: como assim?

Compartilhe

Sabe a tal da obsolescência programada? Pois é… aqui está um claro exemplo que ela pode ser genialmente derrubada. A LineageOS, a ROM personalizada do Android, acabou de realizar um milagre ao ressuscitar o Samsung Galaxy S2 de 2011, oferecendo uma versão atualizada do sistema operacional do Google para um telefone mais que aposentado.

Agora, imagine o que esse software pode fazer por modelos não tão antigos e muito mais completos nos aspectos técnicos.

 

 

Reviver o passado em grande estilo

 

 

O Galaxy S2 (ou Galaxy S II) de 2011 era a referência dos smartphones Android na época. Contava com uma tela Super AMOLED de 4.3 polegada (800 x 480 pixels), processador Exynos 4210 dual-core, 1 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, além de bateria de 1.650 mAh e uma ótima câmera de 8 MP (f/2.6). Seu sistema operacional era o Android 2.3.4 no lançamento, mas chegou a ser atualizado oficialmente até o Android 4.1, até ser abandonado pela Samsung.

Agora, ele pode receber o LineageOS 18.1, para receber todos os benefícios do Android 11. Aliás, essa ROM customizada pode fazer as alegrias de proprietários de excelentes smartphones do passado, como são os casos do Xiaomi Mi 3 (2013), LG Nexus 4 (2012), HTC One (2013), LG G2 (2013), Motorola Moto G (2013) e OnePlus One (2014).

 

 

E isso, porque estamos falando de modelos que podem receber a versão que suporta o Android 11. Outro exemplo incrível do que o LineageOS é capaz de fazer é o suporte ao HTC HD2 de 2009, que pode ser atualizado para o LineageOS 15.1, baseado no Android 8.1. Algo excepcional para um smartphone que já conta com 11 anos de vida.

A LineageOS também se tornou uma ROM favorita para potenciar smartphones que se tornaram relíquias nas mãos de alguns usuários. Outros modelos populares que ganharam vida nova com esse software são o Galaxy S5, o ZTE Axon mini, o Nexus 5 e o Moto G4 Play. Dispositivos que podem ser adquiridos de segunda mão com preços muito baixos.

Outro campo que a LineageOS também consegue surpreender pela sua versatilidade é quando trabalha em conjunto com outras plataformas de hardware, como é o caso da Raspberry Pi 4, que recebeu recentemente uma versão preliminar do Android 11 para esse hardware que, em teoria, sequer está orientado a funcionar com esse sistema operacional.

São experimentos e inovações do mundo da tecnologia que dão uma nova vida para os dispositivos do passado que tanto amamos. Um procedimento altamente recomendado para os usuários mais habilidosos.

 

 

 

Bem que eu queria um desses…

 

 

É uma pena.

Eu deixei para trás o Galaxy S2. Caso contrário, tentaria o experimento, sem medo de ser feliz.

Eu fui um feliz proprietário do Galaxy S2 na época em que ele ainda era um top de linha. Testei o produto enviado pela Samsung, na época em que a marca sul-coreana ainda era parceira dos meus blogs. Eu tinha esse dispositivo ao mesmo tempo que tinha um iPhone, e me sentia o top das galáxias por contar com dois dos principais dispositivos top de linha do mercado naquela época.

Se você tiver essa oportunidade de instalar o LineageOS no seu Galaxy S2, faça isso e me conte como o dispositivo ficou. Terei a satisfação em saber se o experimento deu certo… e, quem sabe, me motivar a correr atrás de uma unidade para mim.

 

 

Via XDA Developers


Compartilhe
Publicado emSmartphonesSoftware