O mundo está ficando cada vez mais estranho. Com comportamentos inusitados, mostrando que a sociedade está em constante transformação. E os avanços tecnológicos oferecem novas vias de relacionamentos.

Akihiko Kondo de 35 anos é administrador de uma escola japonesa, e se casou com Hatsune Miku, cantora de realidade virtual de 16 anos, desenvolvida pela empresa Crypton Future, que tem sua voz modelada a partir da voz da cantora Saki Fujita.

 

 

Como foi o casamento?

Há duas hipóteses para essa resposta.

A empresa Gatebox produz um dispositivo que reproduz hologramas com preço de 2.800 euros, e assim a personagem foi projetada holograficamente para dizer o SIM.

Por outro lado, desse modo, o noivo jamais poderia colocar a aliança no dedo da noiva. Assim, ele apostou em uma boneca que representaria a personagem virtual, levando a boneca para uma ourivesaria para comprar a aliança que iria servir no dedo da ‘moça’.

 

 

A mãe do noivo foi convidada, mas se recusou a ir no casamento

 

 

Akihiko Kondo chegou a convidar a sua mãe para a cerimônia de casamento que custou mais de 17 mil euros, mas ela recusou o convite por não aprovar o fato de sua nora ser uma boneca. Ela deseja que seu filho conheça e se apaixone por um ser humano. De qualquer forma, 40 convidados testemunharam a união.

O japonês não quer conhecer uma mulher de carne e osso, até porque teve problemas ao tentar conhecer mulheres ao longo de sua vida. Tanto no colégio quanto no trabalho, as garotas repeliam ele com certa violência, o que resultou em um colapso nervoso no cidadão.

E foi aqui que o holograma salvou a sua vida.

Mesmo com este casamento não sendo algo legalmente reconhecido, isso não é um problema para o noivo, que considera a personagem de anime a mulher da sua vida, e promete ser fiel à ela.

Embora isso pareça coisa de maluco, saiba que a empresa que criou esta personagem afirma que já emitiu mais de 3.700 certificados de casamento. Porém, Kondo foi o único a realizar uma cerimônia de fato.

 

+info