Lawrence Lessig-01

Lawerence Lessig será candidato à vaga pelo Partido Democrata para a Presidência dos EUA. A escolha será feita no dia 8 de novembro, e o professor de direito em Harvard é especialmente conhecido em âmbitos populares por ser (entre outras coisas) o co-criador das licenças Creative Commons.

Lessig não é um candidato comum. Ele criou uma campanha de financiamento coletivo para a sua campanha pelo Partido Democrata, e seus objetivos para a presidência dos Estados Unidos são, no mínimo, singulares.

 

The Citizen Equality Act

Lessig quer reformular o processo eleitoral para dar mais poder aos eleitores e menos poder aos bilionários que patrocinam as campanhas. A chamada Citizen Equality Act mudará a mecânica atual de campanha eleitoral, que de acordo com o candidato, é controlada pelo 1% da população que aglutina as grandes fortunas dos EUA.

Uma vez Lessig assumindo o seu posto na Casa Branca, o novo processo eleitoral seria colocado em prática de forma imediata. E, a partir daí, o tecnólogo daria lugar ao chefe de estado rapidamente.

O site Magnet analisou a carreira política de alguém que teve uma atividade intensa no âmbito tecnológico. Sua defesa da cultura livre e de uma gestão da propriedade intelectual e dos direitos do autor é muito diferente da atual, e essas foram algumas de suas posturas mais conhecidas, além de apoiar de forma firme ideias como a neutralidade da rede.

Apesar do interesse de seus planos, Lessig tem um caminho complicado para levar a vaga como candidato a presidente pelo Partido Democrata: terá que concorrer com nomes fortes como Hillary Clinton, Lincoln Chafee, Bernie Sanders e Martin O’Malley. De fato, o pilar de sua campanha (a reforma eleitoral) é também debatida no programa de Clinton.

Em breve, saberemos se a campanha de Lessig vinga, ou se será apenas um devaneio do nome por trás do Creative Commons.

 

Via Slahsdot, Lessig for President