Compartilhe

Aquele “Especial de Natal” de Star Wars produzido pela CBS em 1978 é uma das coisas mais vergonhosas que existem no mundo do entretenimento. É um caça-níquel inescrupuloso que quis aproveitar o hype do primeiro filme lançado um ano antes.

E é claro que deu errado, minha gente. O resultado final do especial é horroroso. Tão ruim, que foi retirado no cânone oficial da saga anos depois.

A Lucasfilm tentou eliminar da face da Terra esse especial depois de sua única exibição, mas as cópias piratas não pararam de aparecer, o que fez com que o programa fosse parar na internet (e não no Disney+, antes que você pergunte).

A boa notícia é que a Disney tem um ótimo senso de humor, e iniciou o projeto de uma versão atualizada desse famigerado especial de Star Wars, mas dessa vez protagonizado por bonecos LEGO, o que deve garantir uma enorme quantidade de piadas internas, humor non-sense e muita zoação com a franquia.

 

 

 

Deve estrear junto com o Disney+ no Brasil

 

O especial de Star Wars Holiday Special LEGO Version vai ao ar nos Estados Unidos no dia 17 de novembro no Disney+, no mesmo dia da exibição do especial original. E esta não será uma adaptação igual ao original, pois terá os seus acontecimentos ocorrendo depois de A Ascensão Skywalker, atuando como uma genuína sequência do filme.

Ou seja, vamos voltar ao planeta dos wookies e veremos a comemoração do Dia da Vida, e com certeza eles vão tentar exorcizar os monstros do roteiro do especial original.

O grande erro de Lucas foi deixar qualquer um fazer o especial e contar com a colaboração dos astros originais de Star Wars (Carrie Fisher, Mark Hamill e Harrison Ford) no projeto, em uma época em que o cânon da saga não estava tão bem definido.

Sem falar que George Lucas não se importava com nada naquela época, a não ser conseguir dinheiro.

No final das contas, aquele especial é um festival de fragmentos musicais de gosto duvidoso, inquietantes falas em idioma wookie, uma história natalina que dava náuseas… e a estreia do Boba Fett, que foi a única coisa boa do especial.

Vamos ver se LEGO consegue apagar o pesadelo do passado. Espero que sim.


Compartilhe