Início » Notícias » Mais um smartphone da Samsung pega fogo e provoca evacuação de avião

Mais um smartphone da Samsung pega fogo e provoca evacuação de avião

Compartilhe

Aconteceu de novo. E, mais uma vez, foi com um smartphone da Samsung.

Não sei se você se lembra do que aconteceu na época da crise do Samsung Galaxy Note7, um dos smartphones mais promissores de 2016, mas que naufragou por causa de uma falha de projeto que resultava em combustão espontânea e incêndios aleatórios do dispositivo.

Na época, um voo chegou a ser suspenso porque o telefone estava soltando fumaça por conta própria. Ou melhor, por causa da tal falha de projeto que afetava a bateria.

Pois bem… não é que aconteceu de novo? Mais um smartphone da Samsung, dessa vez um Galaxy A21, provocou uma evacuação de emergência de um avião após o dispositivo começar a pegar fogo.

 

 

 

Como isso aconteceu?

 

 

Logo após a aterrisagem de um avião da Alaska Airlines no Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma, o Galaxy A21 de um passageiro começou a pegar fogo, o que provocou a total evacuação da aeronave. E não há dúvidas que o dispositivo da Samsung foi o causador do problema.

O telefone sofreu de um problema de superaquecimento e começou a soltar faíscas. O modelo foi confirmado pelo porta-voz do aeroporto, em uma informação fornecida pelo seu proprietário.

O que torna a situação um pouco mais grave do que o ar anedótico que este post tenta passar é que o Galaxy A21 ficou muito danificado, a ponto de não conseguir ser identificado com facilidade e, por isso, o passageiro proprietário do dispositivo foi questionado sobre qual era o modelo do telefone em questão. Não dava para confirmar com os restos mortais do dispositivo.

O incêndio do Galaxy A21 não apenas afetou os 128 passageiros do avião e sua tripulação, mas também o funcionamento do aeroporto como um todo. A Samsung se pronunciou sobre o assunto, e já iniciou uma investigação para descobrir o que aconteceu neste caso.

 

 

 

O Samsung Galaxy A21 é um smartphone ruim?

Não. Definitivamente.

O Galaxy A21 foi lançado em 2020, e é um dispositivo com preço acessível. Mas isso não quer dizer que ele é um produto de baixa qualidade. Na verdade, a maioria dos telefones da Samsung que estão em uma faixa de preço mais acessível não pode ser considerada como ruim ou de baixa qualidade.

Tanto, que até o presente momento não foram identificados outros incidentes com este dispositivo, o que pode indicar que o que aconteceu neste caso foi um problema isolado, e de forma alguma relacionado com a crise ocorrida com o Galaxy Note7.

De qualquer forma, não deixa de ser curioso ver a Samsung mais uma vez como protagonista de uma crise de combustão espontânea ou incêndio de um dos seus dispositivos dentro de um avião. É uma coincidência infeliz que acaba recebendo destaque de alguma forma.

Vamos acompanhar as investigações para descobrir o que realmente aconteceu neste caso. Mas tudo indica que o mais provável para a origem deste incidente é o mau uso dado ao dispositivo por parte do usuário, seja utilizando um acessório não oficial, seja conectando o telefone a algum periférico não compatível.

Vamos aguardar.

 

 

Via Associated Press


Compartilhe